Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Arte ao Redor Mostras selecionadas estão reunidas nesta página

Coronavírus: funcionamento de museus e galerias de arte em SP

Mostra sobre o Egito no CCBB está entre as atividades suspensas. Confira as medidas tomadas por instituições culturais na capital

Por Tatiane de Assis Atualizado em 24 mar 2020, 12h09 - Publicado em 13 mar 2020, 17h54

Devido ao aumento de casos de coronavírus no Brasil, museus e galerias de arte na cidade de São Paulo têm suspendido suas atividades. Por precaução, confira na lista abaixo que instituições funcionam normalmente e quais estão fechadas.

CCBB: suspensão das visitas à mostra sobre o Egito Antigo e demais atividades a partir de sábado (14)

Centro Cultural Fiesp: as atividades suspensas a partir de sexta (13).

Fábrica de Artes Marcos Amaro: a exposição com desenhos de Tarsila adiada.

SP-ARTE: a feira de arte suspendeu sua 16ª edição, que aconteceria entre 1º e 5 de abril, no Pavilhão da Bienal.

Pinacoteca e Estação Pinacoteca: suspensão de atividades por 30 dias, a partir de segunda (16).

Museu Afro Brasil: paralisação das atividades por tempo indeterminado.

Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Álvares Penteado:  paralisação das atividades a partir de terça (17).

Janaina Torres Galeria: paralisação temporária das atividades.

Itaú Cultural: fechado por tempo indeterminado.

Farol Santander: paralisação da programação a partir de segunda (16).

Centro Cultural São Paulo: fechado por tempo indeterminado.

Masp: paralisação das atividades e mostras adiadas.

Japan House: suspensão das atividades por 30 dias, a partir de terça (17).

Museu de Arte Moderna (MAM): temporariamente fechado.

Luciana Brito Galeria: fechada.

Instituto Moreira Salles (IMS): fechado.

Instituto Tomie Ohtake: atividades suspensas.

Museu da Imagem e do Som (MIS) e MIS Experience: paralisação das atividades a partir de terça (17) por tempo indeterminado.

Oca Ibirapuera: encerramento da exposição Da Vinci Experience e Suas Invenções.

Museu da Casa Brasileira:  Fechado a partir de terça (17) por 30 dias.

Continua após a publicidade

Centro Cultural São Paulo: programação suspensa a partir de sexta (13).

Galeria Luisa Strina: suspendeu as exposições até o dia 31 de março.

Galeria Fortes D’Aloia & Gabriel: fechado galeria e galpão.

Instituto Tomie Ohtake: supensão da visitação por tempo indeterminado.

Funarte: paralisação de atividades.

Casa Triângulo: fechada.

Galeria Leme: fechada temporariamente a partir de sábado (14).

Galerias Kogan Amaro: visitas agendadas.

Galeria Simões de Assis: visitas agendadas.

Galeria Lume: visitas agendadas.

Galeria Marília Razuk: fechada.

Galeria Mendes Wood DM: paralisação das atividades.

Galeria Marcelo Guarnieri: visitas agendadas.

Central Galeria: visitas agendadas.

Galeria Jaqueline Martins: somente receberá visitas agendadas a partir de sábado (14).

Espaço Breu: adiado inauguração do projeto Fachada.

Galeria Houssein Jarouche: exposição Outros Retratos em Branco e Preto adiada.

Teatro Municipal de São Paulo: as atividades estão suspensas por período indeterminado.

Pivô: suspensão de atividades temporariamente.

Casa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida e Casa Mário de Andrade, Oficinas Culturais (capital, interior, litoral e região metropolitana de São Paulo e Fábricas de Cultura Jaçanã, Vila Nova Cachoeirinha, Brasilândia, Capão Redondo, Jardim São Luís e Diadema: suspensão de atividades por 30 dias, a partir de terça (17).

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês