Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Blog do Lorençato Por Arnaldo Lorençato O editor sênior Arnaldo Lorençato é crítico de restaurantes há 30 anos. De 1992 para cá, fez mais de 15 000 avaliações. Também é autor do Cozinha do Lorençato, um podcast de gastronomia, e do Lorençato em Casa, programa de receitas em vídeo. O jornalista leciona na Universidade Presbiteriana Mackenzie

Le Jazz Brasserie terá a quarta unidade paulistana

O charmoso bistrô com cardápio a preços razoáveis abrirá a segunda filial em um shopping

Por Arnaldo Lorençato Atualizado em 20 jan 2022, 14h33 - Publicado em 1 mar 2019, 20h09

O Le Jazz Brasserie completa uma década em dezembro e pode ser considerado um case na gastronomia paulistana. Consegue desde 2009 aproximar um número cada vez maior de pessoas da culinária francesa clássica. E essa aproximação se ampliará ainda mais a partir de junho,  quando está prevista a abertura da unidade número quatro da rede de bistrôs, desta vez no Shopping Higienópolis.

Como os outros três endereços – a matriz em Pinheiros e as filiais do Shopping Iguatemi (2012) e do Jardim Paulista (2013) –, a nova casa repetirá o cardápio que fisgou o estômago dos paulistanos. Traz pratos como filé ao molho de mostarda com espinafre e fritas, a 67,50 reais, e o hachis parmantier, uma espécie de escondidinho de rabada por 39,50 reais, a pedida mais barata do cardápio.

Le Jazz Brasserie
Cardápio idêntico ao das outras unidades: hachis parmantier, a 39,50 reais, é a pedida mais barata do menu Fernando Moraes/Veja SP

Conversei com o sócio Gil Carvalhosa Leite sobre esse novo avanço que ainda demora um pouco para ficar pronto. O empresário conta que ele e seus parceiros, eleitos o restaurateurs do ano em 2017,  não têm preferência por shoppings, embora também tenham recebido a proposta de levar o Le Jazz Brasserie também para o interior do Cidade Matarazzo, que deve estar pronto somente em 2020.

“Recebemos um convite para ocupar um lugar muito especial no Higienópolis, com uma bela área externa, voltada para um jardim lindo e com vista para uma casa histórica tombada, patrimônio cultural da cidade. Adoramos o espaço, o bairro sempre nos atraiu e ainda por cima com todas as comodidades que o shopping traz” diz. O bistrô, com 95 lugares, o ocupará parte da área que era da Livraria da Vila e o Café Santo Grão.

Continua após a publicidade

Área no terraço na projeção 3D: espaço cercado de verde Fabio Bruschini/Divulgação

Para montar o novo endereço, o empresário calcula ter feito um investimento na ordem de 2 milhões. O chef e sócio Chico Ferreira continua à frente da cozinha e do controle de qualidade das receitas. Cabe a Paulo Bitelman a gestão operacional e a Leite a operação e o serviço.

Salão com visual de bistrozinho moderno: lugares no balcão Fabio Bruschini/Divulgação

eite conta que neste momento estão traçando uma estratégia para saber quem vai ocupar os cargos que vão surgir, inclusive quem será o piloto dos fogões. “Com três restaurantes e quatro anos sem uma inauguração, temos profissionais prontos para assumir maior responsabilidades e crescer”, diz.

A opção por manter as mesmas sugestões  do menu tem a ver com o público. “Tentamos cardápios diferentes quando abrimos a Melo Alves [Jardim Paulista], mas percebemos que não era o que nossos clientes queriam”. Sabia decisão. Nesse caso, o freguês tem sempre a razão.

Valeu pela visita! Volte sempre e deixe seu comentário. Aproveite para curtir minha página no Facebook e minhas postagens no Instagram. As novidades quentes aparecem também no meu Twitter.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês