Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Vereador agride assessor de Suplicy dentro da Câmara

Caso ocorreu na tarde desta terça (13). O vídeo foi postado no Facebook do petista e, até o fim da tarde, já tinha mais de 2 000 compartilhamentos

Por Sérgio Quintella Atualizado em 13 jun 2017, 20h47 - Publicado em 13 jun 2017, 18h56

O vereador Camilo Cristófaro, do PSB, agrediu na tarde desta terça-feira (13) o assessor parlamentar Leandro Ferreira, que trabalha no gabinete de Eduardo Suplicy (PT), durante um tumulto em um dos saguões da Câmara Municipal.

A confusão começou após audiência da CPI da Feira da Madrugada, que apura fraudes no comércio popular do Brás. O empresário Rivaldo Santana, que estava na plateia, começou a discutir com Cristófaro, e em seguida foi imobilizado pelos seguranças do vereador.

Ao perceber que Ferreira gravava tudo pelo celular, o vereador deu um tapa no braço do funcionário, o derrubando no chão, junto com o aparelho.

As imagens gravadas hoje à tarde na Câmara Municipal mostram claramente a agressão e o total descontrole do vereador Camilo Cristófaro ao agredir Leandro Ferreira, assessor do gabinete. Mas, pasmem, Cristófaro foi à delegacia e registrou uma ocorrência como vítima. As imagens não mentem. Pensa que somos bobos?”, postou Suplicy no Facebook.

À VEJA SÃO PAULO, o petista disse que seu funcionário foi covardemente agredido e que ele foi à delegacia para registrar uma ocorrência contra o colega.

Até as 18h30 desta terça, o vídeo de Eduardo Suplicy já contava com mais de 2 000 compartilhamentos.

Continua após a publicidade

Esta não é a primeira vez em que Camilo Cristófaro se envolve em confusão.

Em março, a vereadora suplente Isa Penna, do PSOL, disse que foi xingada de “terrorista” e “vagabunda” por ele no elevador da Câmara.

Procurado, o vereador não quis comentar o caso. Sua assessoria informou que ele gravará um vídeo para explicar a situação.

Em nota, o vereador Milton leite, presidente da Câmara, diz que pediu a abertura de uma sindicância sobre o caso e que vai tomar todas as providências cabíveis.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade