Continua após publicidade

Tentativa de salvar vaca mobiliza ativistas, mas animal é sacrificado

O Ministério Público de Minas Gerais está cobrando da Vale o resgate dos animais isolados em Brumadinho

Por Estadão Conteúdo
Atualizado em 28 jan 2019, 12h43 - Publicado em 28 jan 2019, 12h31

A tentativa de salvar a vaca que estava atolada desde sexta-feira, 25, mobilizou dezenas de pessoas em Córrego do Feijão, em Brumadinho, Minas, mas não terminou com final feliz. Depois de confrontarem policiais, bombeiros e funcionários da Vale, que tentavam instalar tapumes no local, quase vinte pessoas se embrenharam na lama para tentar retirar o animal. Mais de uma hora depois, porém, ele precisou ser sacrificado. 

Luciana Trindade, da ONG Ecoação, conta que desde a manhã deste domingo (27) voluntários de três organizações se mobilizavam: Ecoação, Anjos do Asfalto e Luisa Mell. No fim da manhã, a Polícia Civil retirou o grupo que tentava amarrar uma corda para içar a vaca. Alegou risco de rompimento da barragem 6 para impedir o esforço. A tarde, quando o nível de risco foi reduzido para 1, ou seja, sem risco, todos voltaram. 

“A Vale estava colocando um tapume. Só faltou aplicar um adesivo de praia para esconder o estrago que fez. Mas foi uma revolta geral. As pessoas gritavam e diziam que a polícia não podia impedir. Acabaram usando os tapumes para chegar até a vaca”, conta Luciana.

Com o grupo já em campo, voluntários da Cruz Vermelha, veterinários e bombeiros foram para o local apoiar os esforços. A retirada do bicho do lugar, cercado de lama por todos os lados, não foi possível. O Corpo de Bombeiros analisou a situação, afirmou que não teria como içar, de helicóptero, um animal daquele porte. 

Continua após a publicidade

A vaca foi sacrificada com uma injeção, sob os olhares de quase trinta pessoas que, minutos antes, comemoraram a vitória.

Ministério Público cobra retirada de animais

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) está cobrando da Vale, de forma imediata, o resgate dos animais isolados na região de Brumadinho em razão do rompimento da barragem. Também acionou a companhia para que garanta “a provisão de alimento, água e de cuidados veterinários àqueles animais cujo resgate não for tecnicamente recomendável”. O pedido foi divulgado na manhã deste domingo.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.