Continua após publicidade

Vicente Odone Filho dirige instituto que atende crianças com câncer

O Itaci atende cerca de 1 700 crianças e jovens por mês

Por Andreza Monteiro
Atualizado em 27 dez 2016, 17h08 - Publicado em 17 jun 2016, 17h30

Foi nos anos 70, durante uma especialização em hematologia e oncologia pediátrica no St. Jude Children’s Research Hospital, referência em câncer infantil nos Estados Unidos, que o paulistano Vicente Odone Filho, de 66 anos, traçou um objetivo. “Pensei em montar um centro de excelência onde a condição social da criança de baixa renda não prejudicasse seu tratamento”, afirma. Ele levou adiante a ideia e foi um dos responsáveis pela criação do Instituto de Tratamento do Câncer Infantil (Itaci).

+ Andréa Nehme comanda uma ONG que ajuda moradores de rua

Inaugurado em 2002, o serviço funciona em um prédio construído em um terreno em Pinheiros cedido pela prefeitura. Além da verba de 2,6 milhões de reais mensais vinda dos governos federal e estadual, o local mantém-se com doações privadas — um empresário cujo filho foi tratado pela equipe de Odone Filho, por exemplo, contribuiu com 2 milhões de reais para a inauguração.

O Itaci recebe aproximadamente 1 700 pessoas com câncer e doenças hematológicas graves por mês, de recém-nascidos a jovens, às vezes provenientes de outros estados e mesmo de outros países. O setor de atendimento ambulatorial inclui doze consultórios e dezenove acomodações para quimioterapia. Na área de internação, de um total de 38 leitos, seis são voltados para o transplante de medula óssea e sete estão no CTI.

+ Voluntárias auxiliam gestantes em hospital público da capital

Continua após a publicidade

O hospital ainda conta com uma ampla área reservada à recreação, dotada de brinquedoteca e salas de informática. Apesar de 97% das consultas se darem por meio do SUS, o lugar não tem fila de espera. Cerca de 75% dos doentes respondem positivamente aos cuidados. Na modesta sala ocupada por Odone Filho na instituição, decora a parede um quadro colorido com um desenho dele junto à sua schnauzer de estimação, um presente de uma das pacientes.

“Foi ela quem pintou o quadro”, emociona-se o médico, que atua de forma voluntária no instituto. Ele também compõe o corpo de especialistas do Hospital Israelita Albert Einstein e dá aula na Faculdade de Medicina da USP.

Itaci. Rua Galeno de Almeida, 148, Pinheiros, tel. 2661-8962. www.itaci.org.br.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.