Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Tenente-coronel da PM é alvo de ataques racistas em palestra online na USP

Evanilson de Souza apresentava um programa de combate ao racismo da corporação quando um participante do evento escreveu ofensas

Por Redação VEJA São Paulo 10 fev 2021, 11h58

O tenente-coronel da Polícia Militar (PM), Evanilson de Souza, 50, foi vítima de ataques racistas nesta terça-feira (9). Durante uma conferência internacional virtual do Instituto de Relações Internacionais da Universidade de São Paulo (USP), no qual Souza era o palestrante, um dos participantes do evento escreveu ofensas de cunho racial na tela de apresentação. As informações são do G1. 

O tenente-coronel, que é negro, apresentava um programa de combate ao racismo, desenvolvido na instituição policial, quando foram escritas em sua tela palavras como “macaco”. 

A PM afirmou que um Boletim de Ocorrência será registrado nesta quarta-feira (10). Além disso, publicou em seu Instagram uma mensagem repudiando os atos racistas e mensagens de ódio contra o tenente-coronel. 

View this post on Instagram

A post shared by Polícia Militar Estado SP (@policiamilitarsp_oficial)

Até o momento, nem Souza nem a USP comentaram o assunto. Evanilson de Souza é membro do grupo revisor do Manual de Direitos Humanos da Polícia Militar do Estado de São Paulo e atua ativamente no combate ao racismo. 

+Assine a Vejinha a partir de 6,90

  • Continua após a publicidade
    Publicidade