STF manda soltar pai acusado de matar filha de 4 anos

Ricardo Najjar está preso desde dezembro do ano passado

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Marco Aurélio Mello revogou na segunda-feira (5) a prisão preventiva de Ricardo Krause Esteves Najjar, de 24 anos, acusado de matar a filha, Sophia, de 4 anos, em dezembro de 2015, no Jabaquara, Zona Sul.

O laudo da Polícia Técnico Científica paulista indicou que a criança morreu esganada e que ela não sofreu abuso sexual.

Polícia indicia cinco por queda de helicóptero que matou filho de Alckmin

O magistrado considerou todos os argumentos dos advogados de Najjar, que foi preso no velório da filha e estava detido havia um ano.

Os defensores alegaram que o suspeito é inocente e não possui os requisitos apresentados pelo Ministério Público para justificar a sua prisão. Eles afirmaram que Najjar é uma pessoa idônea, que não representa risco à ordem pública ou à instrução processual.

Afirmaram ainda que a manutenção da prisão nada mais é do que antecipação de pena.

O alvará de soltura do réu foi expedido na quarta (7). 

 

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s