Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Segundo maior cargueiro do mundo pousa em Guarulhos

Aeronave de fabricação ucraniana trouxe mais de 96 toneladas de equipamentos para a indústria automotiva brasileira

Por Redação VEJA São Paulo 6 mar 2021, 16h33

O aeroporto internacional de São Paulo, em Guarulhos, recebeu neste sábado (6) o Antonov 124, segunda maior aeronave cargueira em operação no mundo. O voo vindo de Miami (EUA), operado pela Antonov Airlines, foi fretado pela empresa Kuehne+Nagel para trazer para o Brasil mais de 96 toneladas de equipamentos para abastecer a indústria automotiva.

De fabricação ucraniana, o Antonov 124 tem capacidade para transportar até 120 toneladas. A cabine de carga é pressurizada e conta com um volume total de 1 050 m³. Com essas características, transporta desde peças industriais até remessas fora do padrão e de grandes dimensões. A aeronave usa um trem de pouso de 24 rodas.

“Estamos orgulhosos em receber uma aeronave desse porte no GRU Airport. Uma operação como essa reforça a importância logística do Terminal de Cargas e ratifica a nossa posição de maior aeroporto do Brasil e um dos mais importantes do mundo”, disse Gustavo Figueiredo, CEO da GRU Airport, em nota à imprensa.

O Terminal de Cargas do aeroporto, administrado pela GRU, é o maior complexo aeroportuário do Brasil, com área de 99 mil m². Em 2020, movimentou cerca de 208 mil toneladas entre importação e exportação. O crescimento de 29% no número de cargueiros foi essencial para a marca, afirma a empresa.

O terminal foi a principal porta de entrada para cargas farmacêuticas no Brasil, especialmente aquelas dedicadas ao combate da pandemia de COVID-19.

Continua após a publicidade
Publicidade