Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

São Paulo voltará a ter torcida nos estádios a partir de outubro

Clubes deverão exigir comprovantes de vacinação e o uso de máscara é obrigatório em todos os setores do estádio, diz governo estadual

Por Redação VEJA São Paulo 24 set 2021, 09h26

O Comitê Científico do Governo do Estado de São Paulo autorizou a volta do público nos estádios de futebol a partir do dia 4 de outubro. Segundo a gestão, a capacidade será limitada para 30% com o cumprimento de normas sanitárias e de prevenção contra a Covid-19. Após o dia 16 de outubro a capacidade será ampliada para 50%. A partir de 1º de novembro, 100%.

Para o ingresso nos estádios, os clubes devem exigir um comprovante com esquema vacinal completo, ou seja, duas doses da vacina Coronavac, Astrazeneca e Pfizer ou dose única da Janssen. Quem ainda não tiver concluído o esquema vacinal, deverá ter tomado ao menos uma dose de vacina e apresentar um teste negativo com validade de 48h para os do tipo PCR ou 24h para os testes de antígeno. O uso de máscara é obrigatório em todos os setores do estádio.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade