Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

São Paulo tem 10% dos postos abastecidos, diz sindicato

Posto Shell, na Zona Oeste, abasteceu das 5h30 às 12h30 desta terça-feira (29), mas já está sem combustível novamente

Por Adriana Farias 29 Maio 2018, 15h11

A cidade de São Paulo está com 5% a 10% dos postos de gasolina abastecidos nesta terça-feira (29), informou o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo do Estado de São Paulo (Sincopetro). A escassez de combustível acontece devido ao nono dia de paralisação dos caminhoneiros.

“Os estabelecimentos começaram a receber combustível na madrugada, sob escolta policial, sobretudo nas zonas Sul, Leste e Oeste”, diz José Alberto Gouveia, presidente da entidade. “A situação está menos ruim do que ontem, mas ainda não temos previsão de quando tudo estará normalizado”.

Já o governador Márcio França informou em coletiva de imprensa que voltou a se reunir com caminhoneiros autônomos e anunciou a retomada do abastecimento. “Já estamos caminhando em direção à volta da normalidade em São Paulo”, disse. Ao término do encontro, França informou que as refinarias paulistas estão sendo desbloqueadas.

A reportagem apurou que os postos que foram abastecidos pela madrugada já começam a ficar sem o produto.

O posto de gasolina Shell na Avenida Morumbi, altura do número 6800, realizou o abastecimento de veículos das 5h30 da manhã até 12h30 desta terça. Funcionários informaram que não têm previsão de quando serão reabastecidos novamente. Mesmo assim, alguns carros permaneciam em fila na esperança de algum caminhão chegar com combustível.

Continua após a publicidade

Publicidade