São Paulo terá o maior número de blocos de Carnaval do país

Ex-túmulo do samba, a capital paulista supera veteranas como Rio, Salvador e Recife no carnaval de rua

Até pouco tempo era apelidada de “túmulo do samba”, São Paulo deve ser coroada nesse ano como a rainha do carnaval de rua do Brasil. Com o aumento de 60% no número de blocos em relação ao ano passado – agora são 495 inscritos -, a capital passa a ter a maior quantidade de todo o país, ultrapassando destinos tradicionais na folia, como Recife (457), Rio de Janeiro (451) e Salvador (350).

São Paulo é a única cidade brasileira que espera incrementar os números da folia neste ano. Recife e Salvador mantiveram as médias dos anos anteriores. Já o Rio perdeu 10% dos grupos.

Em número de pessoas, São Paulo deverá ter um congestionamento de gente. Segundo estimativa dos organizadores dos principais blocos, a capital paulista deve atrair aproximadamente 2,5 milhões de pessoas. Esse número é superior a Salvador (2 milhões) e Recife (1,5 milhões). Só perde de lavada para o Rio, que se prepara para ter 4,5 milhões de pessoas brincando nas vias nos últimos dias de fevereiro.

A ocupação hoteleira na capital fluminense deverá chegar a 80% (5% a menos do que 2016), segundo estimativa da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro. A assessoria de imprensa da Riotur explica que a cidade contava com 18 000 quartos a menos em relação ao ano passado.

Mas o lucro do carnaval carioca ainda parece uma bênção do Cristo Redentor: uma injeção de 3 bilhões de reais na economia carioca. Em comparação, a nossa capital, mesmo com um crescimento de 30%, deve receber de acordo com estimativas de mercado 520 milhões de reais.

Para organizar a turma de foliões paulistanos, o prefeito João Doria anunciou na terça (24) que blocos de outros estados terão de pagar uma taxa de cerca de 250 000 reais para se apresentar na cidade no período pré-carnaval. Segundo nota divulgada pela assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Cultura, o grupo sujeito à taxa deverá ser de fora da cidade São Paulo, atrair um grande número de pessoas (milhares) e nunca ter desfilado no carnaval de rua da cidade.

A medida valerá para os blocos interessados em desfilar na pré-folia deste ano e que vão demandar estrutura do município em termos de manutenção, limpeza, segurança e ações de adequação do trânsito. A medida deverá ser regulamentada em decreto nos próximos dias.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s