Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Bairros de São Paulo registram panelaços contra Bolsonaro

País atingiu nesta quarta (3), pelo segundo dia consecutivo, maior índice de mortes diárias por Covid-19

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 3 mar 2021, 21h07 - Publicado em 3 mar 2021, 21h06

Diversos bairros da capital paulista registraram panelaços contra Jair Bolsonaro (sem partido). O presidente deveria realizar um pronunciamento em rede nacional nesta quarta (3) mas a aparição não ocorreu.

De acordo com a Folha de S. Paulo Bolsonaro pretendia defender a isenção de impostos sobre o diesel e criticar as medidas de restrição adotadas pelo aumento de internações: o país vive a sua fase mais crítica da pandemia. 

Barra Funda, Bela Vista, centro, Jardins, Perdizes, Pinheiros, Vila Buarque, Vila Madalena, Vila Mariana, e Vila Leopoldina foram alguns dos locais onde gritos de “fora Bolsonaro” puderam ser ouvidos nesta noite, acompanhados da bateção de panelas.

Nesta quarta o Brasil registrou 1 840 mortes causadas pela Covid-19, o pior índice desde o início da pandemia, de acordo com o consórcio dos veículos de imprensa formado por Folha de S.Paulo, Estado de S. Paulo, UOL, O Globo, G1 e Extra. O número bateu o índice de terça (2), quando 1 726 pessoas morreram pela doença.

Confira os vídeos dos panelaços:

 

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade