Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

São Paulo registra panelaços durante pronunciamento de Bolsonaro

Presidente defendeu vacinação e voltou a criticar medidas de isolamento social nesta quarta-feira (2)

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 2 jun 2021, 20h57 - Publicado em 2 jun 2021, 20h54

A capital paulista registrou diversos pontos de panelaços durante o pronunciamento de Jair Bolsonaro (sem partido). Às 20h30, o presidente foi para a rede de TV e rádio falar sobre a pandemia e a economia do país.

Panelaços foram registrados em bairros como Bela Vista, Higienópolis, Pinheiros, Tatuapé, Pompeia, Perdizes, Morumbi, Ipiranga, além da região central e na Zona Leste.

“Sinto profundamente cada vida perdida em nosso país. Hoje alcançamos a marca de 100 milhões de doses distribuídas para estados e municípios”, disse Bolsonaro. O presidente falou também sobre a transferência de tecnologia da AstraZeneca para a Fiocruz, para a produção nacional do imunizante contra a Covid-19. Ele defendeu a vacinação e criticou medidas de isolamento social.

“O nosso governo não obrigou ninguém a ficar em casa”, afirmou, citando também a sanção do Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). Nas redes sociais os paulistanos criticaram a condução da pandemia e lembraram os mais de 467 000 mortos pela Covid-19.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade