Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

São Paulo notifica cidades que não adotaram restrições no comércio

Dezenove municípios não regrediram para a Fase Vermelha, a mais restritiva da quarentena

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 28 dez 2020, 17h33 - Publicado em 28 dez 2020, 17h29

A Secretária de Desenvolvimento Regional de São Paulo notificou 19 cidades que não aderiram às recomendações do Centro de Contingência da Covid-19 para limitar as atividades comerciais no estado de São Paulo.

O decreto do governador João Dória (PSDB), na terça passada (22), determina que todo o estado de São Paulo regrediria para a Fase Vermelha, a mais restritiva do Plano SP, nos dias 25, 26 e 27 de dezembro e 1º, 2 e 3 de janeiro de 2021. Na fase vermelha, é permitido o funcionamento apenas de atividades consideradas essenciais, como serviços de saúde, transportes e supermercados.

Os municípios notificados são: Mogi das Cruzes e Cotia, na Grande SP; Bauru, Olímpia, Catanduva, Socorro e Franca, no interior;  São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba, no Litoral Norte; Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande, Santos e São Vicente, no Litoral Sul. 

Uma cópia das notificações foi enviada ao Ministério Público para tomar “as medidas cabíveis”, de acordo com o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

Assine a Vejinha a partir de 6,90 mensais

Continua após a publicidade

Publicidade