Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Santos convida garoto vítima de racismo em jogo de futebol para teste

Os jogadores Neymar, Gabriel Jesus e Arthur Gomes também manifestaram seu apoio ao menino

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 19 dez 2020, 15h39 - Publicado em 19 dez 2020, 15h34

O garoto de apenas 11 anos que sofreu injúria racial durante uma partida de futebol na última quarta-feira (16) foi convidado pelo Santos para fazer um teste no início de 2021. Luiz Eduardo Bertoldo Santiago ficou conhecido após um vídeo viralizar em que ele chora ao contar que foi vítima de racismo do técnico adversário.

O time entrou em contato com a família de Luiz Eduardo e, além do convite, prometeu mandar produtos oficiais da marca. O menino é fã de Neymar, revelado pelo Santos, que gravou um vídeo para Luiz nesta sexta-feira (18). Os jogadores Arthur Gomes e Gabriel de Jesus também manifestaram seu apoio.

View this post on Instagram

A post shared by leones santiago #LS (@leonessantia)

Na quarta-feira, o menino, que é jogador sub-11 do Uberlândia, participava de uma partida entre Uberlândia Academy e Set Esportes pela Caldas Cup. Após o jogo, ele deixou o campo chorando e contou sobre as ofensas que havia ouvido. “O cara falava assim ‘Fecha o preto aí, ó!’ Aí eu aguardei para falar no final com os pais”, disse.

LEIA MAIS

Continua após a publicidade
Publicidade