Clique e assine por apenas 6,90/mês

Rodrigo Andrade: “Polo não é coisa de playboy”

Por Giuliana Bergamo - Atualizado em 5 Dec 2016, 18h51 - Publicado em 16 Apr 2010, 21h22

Um campeonato de polo sediado em Indaiatuba, no interior paulista, pretende inserir o país no calendário internacional de torneios do esporte. Trata-se da Copa Ouro São José Polo, que, do próximo dia 28 até 8 de maio, vai reunir uma turma de estrelas do mundo dos cavaleiros-atletas. Entre elas, Rodrigo Andrade, de 31 anos, o único brasileiro handicap 10 — o topo do ranking dos jogadores. Natural de Franca, Andrade joga profissionalmente há nove anos. Vida mansa de ricaço? Que nada, jura ele. “Nunca tive muito dinheiro para praticar”, conta. “Apesar da fama, polo não é coisa de playboy.”

Publicidade