Clique e assine por apenas 6,90/mês

Rodízio de veículos está mantido nesta sexta (14)

Apesar da greve geral, medida segue na data

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 13 Jun 2019, 18h52 - Publicado em 13 Jun 2019, 18h50

Está programada para esta sexta (14) uma greve geral contra a reforma da Previdência que deve afetar, pelo menos parcialmente, os sistemas de transporte, bancos e escolas, entre outras instituições paulistanas. Sistemas de ônibus, Metrô e CPTM anunciaram paralisações em São Paulo, o que deve causar intensificação do trânsito e possível confusão na metrópole.

Apesar disso, a prefeitura anunciou que manterá o rodízio de veículos para amanhã. Os carros com placa final 9 e 0 não poderão rodar entre 7h e 10h e 17h e 20h. As restrições de circulação para caminhões também seguem valendo.

Uma liminar da Justiça proibiu a paralisação do transporte público, a pedido da Secretaria de Transportes Metropolitanos. O descumprimento da decisão pode gerar multa de 200 000 reais ao Metrô e 500 000 reais à CPTM.

Publicidade