Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Roberto Justus: pelo menos desta vez ele não vai cantar

Publicitário será homenageado no enredo de 2012 da Rosas de Ouro

Por João Batista Jr. Atualizado em 5 dez 2016, 18h01 - Publicado em 4 jun 2011, 00h50

Quem imaginava já ter visto de tudo no grande pagode do merchandising vai se surpreender com o enredo de 2012 da Rosas de Ouro: “Reino dos Justus”. Como o desfile pretende contar a história dos imigrantes húngaros, a escola escolheu para simbolizar a comunidade o publicitário e apresentador Roberto Justus.

Ele nasceu por aqui, mas seus pais vieram da Europa no fim da década de 40. “Sei bater palmas e dançar com os dedos”, diz o homenageado, que vai se empenhar em trazer recursos para a entidade.

+ Val Marchiori na Unidos de Vila Maria: “Ser a nova Scheila é pouco para mim”

A ala de compositores da Rosas jura não estar apreensiva com o desafio de encontrar rimas para Justus. “Vai ser moleza”, garante Aquiles da Vila, um dos principais autores da escola de samba. É esperar para ver.

Continua após a publicidade
Publicidade