Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Mais da metade dos paulistanos teve queda na renda durante a pandemia

Pesquisa Datafolha mostra ainda que 38% dos moradores da capital solicitaram o auxílio emergencial de R$ 600

Por Redação VEJA São Paulo 28 set 2020, 09h41

52% das famílias paulistanas tiveram queda na renda devido à pandemia do coronavírus, revela pesquisa do Datafolha divulgada nesta segunda-feira (28) pelo jornal Folha de S. Paulo. Outras 41% afirmam que mantiveram os rendimentos, enquanto 7% registraram aumento.

Nas famílias que ganham até dois salários mínimos, 55% tiveram queda na renda. Entre aquelas com mais de dez mínimos, 33%. Entre autônomos, 66% tiveram perda. Nos assalariados registrados, 47%.

De acordo com a pesquisa, 38% das pessoas que vivem na capital paulista solicitaram o auxílio emergencial de R$ 600. Destes, 81% receberam pelo menos uma parcela. O benefício oferecido pelo governo foi solicitado por 69% dos desempregados atualmente, 67% dos autônomos, 59% dos assalariados sem registro e 46% das donas de casa. Ainda de acordo com o levantamento, se declaram desempregados 13%.

A pesquisa foi realizada nos dias 21 e 22 de setembro, com 1.092 entrevistados. A margem de erro é de até três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança, de 95%.

Continua após a publicidade
Publicidade