Clique e assine por apenas 6,90/mês

Quadrilha incendeia carros e explode duas agências bancárias

Crime ocorreu na cidade de Santa Branca, no Vale do Paraíba

Por Estadão Conteúdo - 3 jun 2018, 18h59

Um bando armado com fuzis invadiu a cidade, fez disparos a esmo e explodiu duas agências bancárias, na madrugada deste domingo, 3, em Santa Branca, no Vale do Paraíba, interior de São Paulo. Durante o ataque, os criminosos incendiaram quatro carros para dificultar a perseguição pela polícia.

Os prédios dos dois bancos ficaram destruídos, mas de um deles os assaltantes não conseguiram levar o dinheiro. Até o início da tarde, nenhum suspeito tinha sido preso.

Conforme a Polícia Militar, os criminosos chegaram em vários carros e atacaram simultaneamente as agências do Banco do Brasil e do Santander.

Os bandidos atiraram para o alto para manter afastados a polícia e os curiosos, assustando a cidade, de 13,7 mil habitantes. Na agência federal, na Rua Independência, os bandidos explodiram caixas eletrônicos e o cofre, mas o valor roubado não foi informado.

Um explosivo deixado pelos criminosos foi resgatado e detonado por policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da PM.

Na agência do Santander, na Praça Ajudante Braga, os assaltantes explodiram os caixas, mas não conseguiram acesso ao dinheiro. Durante a ação, os criminosos queimaram quatro carros na ponte da rodovia Nilo Máximo, no acesso a Jacareí.

Eles também atearam fogo a um bambuzal, à margem do acesso a Salesópolis, para dificultar a ação da polícia. Só neste ano, no Vale do Paraíba, doze agências foram atacadas com explosivos por grupos criminosos.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública, os roubos a banco estão em queda no Estado. Foram dezesseis de janeiro a abril deste ano, contra 44 no mesmo período do ano passado.

Continua após a publicidade
Publicidade