Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Três protestos contra Temer são marcados para essa semana

Atos programados para esta quinta (18) e o fim de semana pedem renúncia do presidente; Vem pra Rua está envolvido em um deles

Por Ana Luiza Cardoso Atualizado em 19 Maio 2017, 08h33 - Publicado em 18 Maio 2017, 13h37

Uma manifestação que pede a renúncia do presidente Michel Temer (PMDB) e eleições diretas foi marcado para esta quinta-feira (18), na Avenida Paulista, local onde ontem já houve movimentação de centenas de pessoas pela causa. O ato está programado para ocupar o vão livre do Masp, a partir das 19 horas. Também foram marcados protestos para domingo (21) na cidade.

Os eventos foram organizados após a revelação de uma gravação do sócio do frigorífico JBS Joesley Batista, em que Temer autoriza a compra do silêncio de Eduardo Cunha (PMDB) – ex-deputado preso pela Operação Lava Jato em outubro passado.

A notícia foi dada pelo colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, nesta quarta-feira (17). O jornal também informou que o senador Aécio Neves (PSDB) foi gravado pedindo 2 milhões de reais ao executivo.

Até a publicação desta matéria, o evento do Facebook “Fora Temer, Diretas Já! SP”, marcado para hoje pelas páginas Jornalistas Livres e Mídia Ninja, tinha 9 000 presenças confirmadas e cerca de 21 000 interessados.

No domingo (21), há pelo menos dois protestos programados também na região da Paulista. A partir das 14 horas, na altura da Rua Pamplona, tem vez o ato organizado pelo Vem Pra Rua Brasil, que pede para que os participantes usem roupas verdes e amarelas. Às 15 horas, no vão livre do Masp, haverá um protesto convocado pela Frente Brasil Popular e a Frente Povo Sem Medo.

São Paulo, São Paulo, Brasil - Manifestantes durante ato "Vem Pra Rua" na tarde desse domingo (13) na Avenida Paulista. Foto: Léo Pinheiro/Veja
Manifestantes durante ato Vem Pra Rua no ano passado Léo Pinheiro/Veja/Veja SP
Continua após a publicidade

Publicidade