Clique e assine por apenas 6,90/mês

Protesto contra aumento de tarifas causa lentidão na 23 de Maio

O fluxo de veículos foi liberado em torno das 7h, mas o acúmulo de veículos ainda persistia na região

Por Estadão Conteúdo - 22 Jan 2018, 08h50

Uma barricada montada na Avenida 23 de Maio interrompeu o fluxo de veículos sentido centro por volta das 6h desta segunda-feira (22), em São Paulo. Segundo informações da Polícia Militar, manifestantes, que protestava, contra o aumento das tarifas do transporte público, atearam fogo em objetos e montaram uma barricada na pista na área próxima ao Centro Cultural São Paulo. A via é uma das principais ligações entre o centro e a Zona Sul da capital paulista.

Por volta das 6h30, havia grande congestionamento na região. Ainda não se sabe qual grupo iniciou a barricada. Para não ficar no congestionamento, diversos motoristas optaram por passar pelo canteiro central que divide as duas pistas. Um ônibus chegou a atolar no local tentando fazer essa manobra. O fluxo de veículos foi liberado em torno das 7h, mas o acúmulo de veículos ainda persistia na região.

A poucos metros da barricada, os manifestantes escreveram “R$ 4 não”, em referência ao aumento da passagem do transporte público que passaram a valer no dia 7 de janeiro. A gestão João Doria (PSDB) afirma que o reajuste da tarifa básica de ônibus ficou abaixo da inflação do período, de 8,9%, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Se a correção fosse aplicada, o preço da passagem passaria para 4,14 reais.

Publicidade