Continua após publicidade

Primeiro dia de Enem tem machismo, apartheid e spray de pimenta

Neste sábado, temas foram relacionados a ciências humanas e da natureza

Por Redação
Atualizado em 27 dez 2016, 15h00 - Publicado em 5 nov 2016, 19h27

No primeiro dia de provas, temas como Hamlet, xenofobia, crise de refugiados e até a composição do spray de pimenta foram perguntados aos alunos que prestaram o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Sobre machismo, os estudantes tinham que relacionar uma propaganda de 1968, em que uma mulher, vestida de astronauta, segurava um produto de limpeza. Abaixo do comercial, havia a frase: “A mulher levará a limpeza para a lua”. 

Avenida Paulista abre mais tarde para pedestres no domingo

Na pergunta, havia uma informação de que 50% da equipe da Nasa era formada por funcionárias do sexo feminino, citando comentários machistas publicados na internet. A missão do aluno era relacionar os dois acontecimentos.

Continua após a publicidade

O cantor e compoitor Renato Teixeira também foi lembrado. Em um texto publicado em 2012, ele afirmava que a música sertaneja não mudou: o que mudou foi o campo, que ficou mais tecnológico e rico.

Neste sábado (5), os candidatos precisaramm responder a 90 questões de múltipla escolha. Dessas, 45 foram da prova de ciências humanas e 45 de ciências da natureza. No domingo (6), os portões fecham às 13 horas. 

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.