Prefeitura reduzirá prazo para emitir alvará de obra

O projeto visa a redução de prazos para empreendimentos residenciais e comerciais novos com mais de 1 500 metros quadrados

A Prefeitura de São Paulo anunciou nesta segunda-feira (11) um projeto para reduzir os prazos de emissão de alvarás de empreendimentos residenciais e comerciais novos, com mais de 1 500 metros quadrados, para entre 90 e 120 dias. Segundo a gestão municipal, o processo de aprovação de obras atualmente pode demorar mais de 500 dias.

Regulamento pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento (SMUL), o novo sistema, batizado de Aprova Rápido, entrará em vigor em março de 2018.

De acordo com a Prefeitura, a redução de prazos de aprovação e a liberação mais rápida do Aprova Rápido são possíveis por causa do novo Código de Obras e Edificações (COE), vigente desde julho que torna os procedimentos mais simples.

“A Prefeitura deixa de averiguar detalhes internos das edificações e foca na análise dos aspectos urbanísticos, ambiental, de segurança do uso, acessibilidade e de sustentabilidade”, diz a gestão, em nota. “Os interessados deverão apresentar, no ato do pedido, a documentação completa necessária para a análise do projeto. Caso não se enquadre nos requisitos estabelecidos, será avaliado pelas vias normais.”

A administração municipal espera que a liberação da licença em curto prazo fomente o mercado da construção na capital paulista.

Durante os estudos realizados, a SMUL identificou quatro principais entraves que impediam o licenciamento em menor prazo: a legislação, considerada complexa e burocrática; a deficiência na capacitação dos servidores municipais responsáveis por avaliar os processos de edificação; a falta de tecnologia e mecanismos digitais para tramitação e análise; e a governança com as secretarias municipais envolvidas.

Hoje, quando um pedido de edificação precisa de aval de outras secretarias, o processo é encaminhado para que a análise seja feita in loco pelo técnico dessa pasta. Segundo a Prefeitura, isso provoca demora e atraso dos prazos para a emissão do alvará.

“Estamos trabalhando arduamente para captar recursos e dotar São Paulo de um processo moderno e ágil de licenciamento. Esse é uma das metas do Plano de Governo do prefeito João Doria (PSDB) e representa um avanço considerável no enquadramento da cidade como uma metrópole global e competitiva”, afirmou a secretária municipal de Urbanismo e Licenciamento, Heloisa Proença.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s