Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Prefeitura recolhe 66 toneladas de lixo após Réveillon na Paulista

Evento contou com a presença de cerca de 2 milhões de pessoas

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 1 jan 2020, 13h06 - Publicado em 1 jan 2020, 13h03

Após a festa de Réveillon na Avenida Paulista, na virada de terça (31) para esta quarta (1º), as equipes de limpeza da prefeitura de São Paulo recolheram 66,5 toneladas de lixo no endereço. O evento, que contou com a presença de 2 milhões de pessoas, teve início às 18h, com shows realizados em um palco próximo ao cruzamento com a Rua da Consolação.

Cerca de 350 funcionários trabalharam na retirada dos resíduos, e na operação foram usados 70 000 litros de água de reuso e 300 litros de desinfetante para lavagem. A chegada de 2020 foi comandada pelo cantor Lulu Santos. Foram queimados cerca de três toneladas de fogos sem estampido, durante dez minutos.

Depois de Lulu foi a vez da banda Chiclete com Banana, e por fim a escola de samba Rosas de Ouro. 409 guardas civis metropolitanos e 73 viaturas foram deslocados para a segurança da Virada. Foram movimentados cerca de 600 milhões de reais na cidade com o Réveillon, com investimento de 3 milhões de reais na estrutura, segundo a prefeitura.

  • Publicidade