Clique e assine por apenas 6,90/mês

Prefeitura altera direção do PSIU

Luiz Carlos Smith Pepe será substituído por Natalia Riserio Povoação, ex-assessora de Netinho de Paula

Por Mariana Zylberkan - Atualizado em 1 Jun 2017, 15h52 - Publicado em 4 Nov 2016, 23h00

Ao assumir a direção do Programa de Silêncio Urbano (Psiu), em novembro do ano passado, o advogado Luiz Carlos Smith Pepe prometia aumentar a produtividade do órgão responsável por zelar pelo sono tranquilo do paulistano. Uma de suas estratégias consistiu em realizar operações concentradas, com a presença de mais agentes nos pontos barulhentos. Entre janeiro e outubro de 2016, foram feitos 32 680 atendimentos, um crescimento de 25% em relação ao mesmo período de 2015. Já era algum avanço no difícil combate à poluição sonora.

+ Soninha Francine aceita convite para ser secretária de João Doria

No apagar das luzes de seu mandato, porém, Fernando Haddad resolveu mudar o que estava dando certo. A cerca de sessenta dias de deixar o cargo, o prefeito, sem apresentar nenhuma justificativa, determinou a troca do comando do Psiu na última segunda, 31. Para o lugar de Pepe, foi nomeada a advogada Natalia Riserio Povoação, ex-assessora de Netinho de Paula, vereador cassado no ano passado por infidelidade partidária.

OPERACAO PSIU
OPERACAO PSIU

O político do PDT é um dos defensores dos “pancadões”, as festas nas ruas que varam a noite com som alto, com o argumento de que isso representa uma manifestação cultural das periferias. “Fui afastado por incompatibilidade com a atual gestão”, afirma Pepe. Felizmente, a medida pode ter dias contados. Em janeiro, o novo prefeito, João Doria, que já declarou em campanha ser a favor da repressão aos “pancadões”, deve rever a nomeação da ex-assessora de Netinho.

Publicidade