Continua após publicidade

Prefeito teme variante e pede o fechamento do Aeroporto de Guarulhos

A medida visa restringir a possível entrada de pessoas infectadas com a cepa indiana da Covid-19; entrada de cargas seria permitida

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 28 Maio 2021, 12h42 - Publicado em 28 Maio 2021, 12h37

O prefeito de Guarulhos, Gustavo Henric Costa (PSB), o Guti, solicitou ao governo federal o fechamento do Aeroporto Internacional de Cumbica. A intenção é evitar a entrada de pessoas infectadas com a variante indiana da Covid-19, a B.1.617. O ofício foi encaminhado para os ministérios da Casa Civil, da Justiça, da Infraestrutura e da Defesa pedindo essa restrição por 15 dias. 

Em live, Guti destacou que é uma questão relacionada exclusivamente à vinda de pessoas. “Não pedimos o fechamento para carga. Não tem nada a ver com produtos. Tem relação só com passageiros internacionais. A gente pediu esse fechamento por pelo menos 15 dias para que as autoridades brasileiras entendam essa variante e que a gente tenha espaço para atender todo mundo caso não seja feita uma barreira efetiva”. 

Em caso de negativa, foi solicitado a elaboração de outro protocolo para fortalecer as barreiras sanitárias de Cumbica. 

Primeiro caso

O Instituto Adolfo Lutz da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo identificou o primeiro caso da variante B.1.617.2, ou seja, com origem indiana. A informação foi divulgada na manhã desta quarta-feira (26) e não há registros de contaminações locais.

Continua após a publicidade

Jean Gorinchteyn, secretário de Saúde de São Paulo, responsabilizou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por deixar o passageiro com a nova variante indiana do coronavírus circular pelo país.

Segundo o instituto Adolfo Lutz, o passageiro, de 32 anos e morador do Campos dos Goytacazes, desembarcou no último final de semana no aeroporto de Guarulhos e seguiu em viagem para o Rio de Janeiro.

Um outro caso, de um passageiro que mora em Minas Gerais e que também chegou por Guarulhos, foi confirmado na última quinta-feira (27).

Continua após a publicidade

LEIA TAMBÉM: Por onde passou o homem infectado com variante indiana do coronavírus

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.