Continua após publicidade

Poucas e boas do luxo no Bal Harbour Shops

De anéis Tiffany a bolsas Chanel, praticamente todas as lojas vendem produtos que mexem com os sonhos de consumo da clientela

Por Alvaro Leme (colaboraram Anna Carolina Oliveira, Bruna Gomes, Ricky Hiraoka e Sophia Braun)
Atualizado em 1 jun 2017, 18h23 - Publicado em 25 nov 2011, 23h50

Para quem mora em São Paulo, circular pelo Bal Harbour Shops pode despertar a sensação de estar em casa. Primeiro pela quantidade de gente falando português, seja a garçonete mineira do café, seja a vendedora americana da Chanel que aprendeu o idioma especialmente para atender melhor a clientela verde e amarela. A impressão de já conhecer o lugar surge também devido à semelhança com o Shopping Cidade Jardim, que reproduziu no Morumbi os corredores sem teto, ventiladores e árvores encontrados em profusão nesse reduto de luxo da Flórida. Como se apenas isso não fosse suficiente, existe sempre a possibilidade de esbarrar com figuras conhecidas da televisão, como os apresentadores Hebe Camargo e Fausto Silva.

+ Sawgrass Mills: campeão das promoções

+ Lincoln Road: calçadão loja a loja

Comece com o pé grifado

Para muitas mulheres, a primeira parada obrigatória é a loja da marca Jimmy Choo, que já há alguns anos se mantém no topo da lista de preferidas delas. Na ocasião da visita de nossa equipe de reportagem, havia boas opções de sandálias e sapatos peep toe (como os da foto abaixo) a partir de US$ 665,00. No Brasil, não saem por menos de R$ 2.000,00.

Continua após a publicidade

Nem na lista de espera

As filiais da grife francesa Hermès que visitamos em Miami e em Nova York não dispunham de modelos Kelly ou Birkin para pronta entrega. “Há uma lista de dois anos de espera. Mas não estamos aceitando nomes no momento”, responderam os funcionários. As mais caras (e cobiçadas) são de couro de crocodilo e seu preço é de módicos US$ 52.000,00.

+ Confira o guia de compras em Miami e Nova York

Chanel mais em conta

Continua após a publicidade

Outro espaço imperdível para as fanáticas por marcas poderosas é o da Chanel. A diferença no preço da camélia de seda entre as lojas de Miami e de São Paulo dá uma pista do porquê: lá sai por US$ 230,00 e, aqui, por R$ 650,00. As bolsinhas mais simples, conhecidas como wallets on a chain (carteiras com corrente), custam nos Estados Unidos entre US$ 1.100,00 e — US$ 1.600,00 — no Morumbi, são vendidas por R$ 4.610,00.

Bolsas Chanel
Bolsas Chanel ()

Em breve, mais uma campeã de audiência

Está prevista para dezembro a inauguração da loja Stella McCartney no Bal Harbour. Será o quinto endereço da estilista inglesa nos Estados Unidos.

Continua após a publicidade

Gucci para eles

Há fantásticos chafarizes na entrada — se tiver tempo de sobra, dedique bons minutos a contemplá-los — na chiquérrima e recém-inaugurada Gucci do Bal Harbour, onde vale a pena comprar peças masculinas. Os calçados, por exemplo. Mocassins custam entre US$ 390,00 e US$ 455,00, enquanto os sapatos com cadarço estão na faixa de US$ 550,00.

Tal pai, tal filho nos shorts da Vilebrequin: US$ 200,00 (adulto) e US$ 110,00 (infantil)
Tal pai, tal filho nos shorts da Vilebrequin: US$ 200,00 (adulto) e US$ 110,00 (infantil) ()

Roupas para quem vai encarar o tapete vermelho

Continua após a publicidade

Celebridades internacionais do quilate da cantora Jennifer Lopez e da atriz Anne Hathaway cruzaram tapetes vermelhos em longos da grife Marchesa. Vestidos com essa etiqueta estão entre as razões para circular na Neiman Marcus (abaixo). Custam de US$ 990,00 a US$ 1.500,00. Também há sapatos Christian Louboutin por cifras equivalentes a um terço das encontradas na filial do Shopping Iguatemi de São Paulo. Na seção masculina, há araras e cabides com chiques opções de smoking, como um da maison francesa Lanvin (US$ 1.995,00).

Loja Neiman Marcus
Loja Neiman Marcus ()

Se liga!

A turma que procura presentes mais “cabeça” conta desde junho com uma livraria dentro do shopping. É a Books & Books Café, localizada no 3º piso.

Continua após a publicidade

ENDEREÇO

Avenida Collins, 9700, Bal Harbour, Telefone: (305) 866-0311

Horários: 10h/21h (seg. a sáb.) e 12h/18h (dom.)

COMO CHEGAR

Ônibus: pegar o 108 Route H, 119 (US$ 1,25)

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.