Continua após publicidade

Policiais salvam a vida de bebê engasgado; assista ao vídeo

"Foi o maior desespero da nossa vida", disse o pai da criança, de Marília, interior de São Paulo

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 17 abr 2019, 09h34 - Publicado em 17 abr 2019, 09h34

Um casal de Marília, cidade no interior de São Paulo, viveu momentos de desespero no início desta semana. Depois de ver o filho recém-nascido quase morrer engasgado com leite, Osvaldo e Kelly Zavanelli receberam na terça (16) a visita dos policiais militares que, com técnicas de ressuscitação, salvaram o bebê, de apenas 21 dias de vida. As imagens gravadas por câmeras do quartel onde os PMs estavam de plantão foram exibidas pela TV Globo.

Os pais chegaram com o bebê desacordado, já roxo pela falta de respiração. O cabo Renato Taroco, que participou da ação de salvamento do bebê ao lado do colega Robson Thiago de Souza, já havia recebido uma premiação nacional como “herói da vida real” por ter salvo policiais de carro em chamas.

No reencontro com os pais do bebê Luiz Henrique, os policiais receberam muitos agradecimentos pelo salvamento. Taroco afirmou que, quando o casal chegou ao quartel, aos gritos, ele pensou se tratar de uma briga.

“Achamos que era alguma briga, algo parecido, e de repente entraram no quartel a mãe e o pai aos gritos, desesperados, com o filho totalmente desfalecido, roxo, inconsciente”, disse, segundo o G1.

Continua após a publicidade

Os pais estavam em casa com o recém-nascido quando ele engasgou com o leite. Depois de algumas tentativas de reanimar o bebê, eles pegaram o carro e seguiram para o quartel – que fica a pouco mais de 500 metros de onde moram. “Foi o maior desespero da nossa vida. A gente só pensava mesmo que ele (o filho) estava indo embora. Tentei reanimá-lo batendo nas costas e nem sei como lembrei que tinha a PM na rua ao lado”, disse Osvaldo, o pai do bebê.

Quase dois minutos e três tentativas de respiração boca-a-boca depois, o recém-nascido foi reanimado. “A maior alegria foi ver a criança recobrar a consciência e abrir os olhos, o coração começar a bater novamente e a satisfação de dever cumprido. Um alívio”, disse o cabo Thiago. Assista ao vídeo:

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.