Clique e assine por apenas 5,90/mês

Uma Avenida Paulista para a Zona Leste, com Raul Juste Lores

O redator-chefe da Vejinha conversa com Marco Antonio Melro, que quer erguer no Tatuapé uma nova versão da famosa via

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 3 out 2019, 19h19 - Publicado em 17 set 2019, 07h00
Marcelo Cutti/Veja SP
Raul Juste Lores e Marco Antonio Melro: conversa sobre novidades no Tatuapé

O empresário Marco Antonio Melro promete erguer nos próximos anos uma versão da Avenida Paulista para a Zona Leste. “Minha maior inspiração é o Conjunto Nacional”, disse ao podcast #SPsonha. Com quase quarenta anos no mercado imobiliário (seu pai e seu avô faziam sobradinhos no Tatuapé), ele diz que o maior desafio é reter as famílias que se “desenvolvem economicamente e decidem abandonar a região.” “É um êxodo cultural. Há pouca oferta de espaço para escritórios, entretenimento, casas de shows, teatros, universidades, não em quantidade para segurar tanta gente.”
Melro reclama que a Zona Leste é cortada por avenidas “que viraram fraturas na região”, e que o crescimento nos anos 70 “foi por conta de terreno barato e da promessa que a infraestrutura iria chegar. Mas até hoje ela não chegou, nem os empregos.” No podcast, ele conta mais sobre os conjuntos residenciais e corporativos que está construindo no Tatuapé, no chamado Eixo Platina, que a FGV vai instalar uma escola ali, que também abrigará um novo hospital e um teatro com 1 600 lugares.

 

Escute o podcast #SPSONHA nas plataformas YouTube, Spotify, Deezer,  SoundCloud e Google Podcast #SPSonha.

Não sabe como ouvir podcast? Clique aqui para ver o passo a passo.

Continua após a publicidade
Publicidade