Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Nova pesquisa mostra Lula na liderança no páreo para presidente

O instituto também previu a disputa com João Doria e Geraldo Alckmin

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 1 out 2017, 10h38 - Publicado em 1 out 2017, 10h21

Em nova pesquisa do Datafolha divulgada neste domingo (1), Lula segue na liderança na corrida presidencial.

Realizada na quarta (27) e na quinta (28) com 2 772 entrevistas em 194 municípios, a análise mostra que o político não perdeu força mesmo após a condenação em um de seus processos na Justiça – se mantida em segunda instância, a decisão pode impedi-lo de concorrer ao cargo em 2018.

O instituto também previu o páreo com João Doria e Geraldo Alckmin, que andam causando um racha no PSDB sobre quem disputará pelo partido. Confira a simulação de primeiro turno:

COM DORIA

Lula (PT) – 36%

Bolsonaro (PSC) – 16%

Marina Silva (Rede) – 14%

João Doria (PSDB) – 8%

Alvaro Dias (Podemos) – 4%

Continua após a publicidade

Henrique Meirelles (PSD) – 2%

Chico Alencar (PSOL) – 1%

João Amoêdo (Novo) – 1%

Em branco/nulo/nenhum – 16%

Não sabe – 2%

COM ALCKMIN

Lula (PT) – 35%

Bolsonaro (PSC) – 17%

Marina Silva (Rede) – 13%

Geraldo Alckmin (PSDB) – 8%

Alvaro Dias (Podemos) – 4%

Continua após a publicidade

Henrique Meirelles (PSD) – 2%

Chico Alencar (PSOL) – 1%

João Amoêdo (Novo) – 1%

Em branco/nulo/nenhum – 16%

Não sabe – 2%

Alckmin LIDE joão dória junior
Alckmin e Doria Ciete Silverio/Veja SP

Em um panorama de segundo turno, Lula também venceria em todos os casos. Na disputa de Lula com Alckmin ou Doria, os tucanos perderiam. O petista teria 46% dos votos contra Alckmin, com 32%; e 48% contra Doria, também com 32%. Entre Bolsonaro e Lula, por exemplo, o petista abocanharia 47% e Bolsonaro, 33%.

Em uma análise imaginando Fernando Haddad, pelo PT, levando em conta que Alckmin e Doria disputassem juntos, já que Doria anda conversando com outros partidos, o governador de São Paulo levaria a melhor. Confira abaixo.

COM DORIA, ALCKMIN E HADDAD

Marina Silva (Rede) – 20%

Bolsonaro (PSC) – 17%

Geraldo Alckmin (PSDB) – 9%

Ciro Gomes (PDT) – 9%

João Doria (PSDB) – 7%

Alvaro Dias (Podemos) – 5%

Fernando Haddad (PT) – 2%

Henrique Meirelles (PSD) – 2%

Chico Alencar (PSOL) – 1%

João Amoêdo (Novo) – 1%

Em branco/nulo/nenhum – 24%

Não sabe – 3%

*Margem de erro de dois pontos percentuais

Continua após a publicidade
Publicidade