Clique e assine por apenas 5,90/mês

Pastor morre com sinais de afogamento em prostíbulo no interior de SP

Ele estava na “Boate Maçã-do-Amor”, em Assis, chegou a ser socorrido, mas não resistiu

Por Redação VEJA São Paulo - 18 set 2020, 17h20

O pastor Lázaro Peres Gonçalves, 56, foi encontrado desacordado em uma casa de prostituição conhecida como “Boate Maçã do Amor”, em Assis, no interior de São Paulo. O caso aconteceu na madrugada do último sábado (12).

+Assine a Vejinha a partir de 6,90 

Lázaro tinha ido até a boate com amigos e, depois de um tempo dentro da casa, ele foi encontrado ao lado da piscina, recebendo massagem cardíaca de uma desconhecida. De acordo com a Polícia Civil de Assis, a hipótese é de que o pastor tenha se afogado na piscina do prostíbulo. Ele foi socorrido e levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, mas acabou não resistindo.

Para auxiliar nas investigações, o delegado de plantão apreendeu os celulares da vítima e dos amigos, além de solicitar que a boate fosse periciada e que o corpo de Lázaro fosse submetido a exame toxicológico e dosagem alcoólica.

Continua após a publicidade
Publicidade