Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Parque Villa Lobos começa a cobrar pelo estacionamento

Motoristas terão de desembolsar pelo menos 5 reais para estacionar o carro no complexo, que abriga também o Parque Candido Portinari

Por Mariana Gonzalez e Adriana Farias Atualizado em 6 fev 2017, 15h58 - Publicado em 6 fev 2017, 10h38

Paulistanos e turistas que visitarem o Parque Villa Lobos de carro terão que desembolsar pelo menos 5 reais a partir desta segunda-feira (6). O estacionamento, até então gratuito, foi privatizado pela Secretaria do Estado do Meio Ambiente para a empresa Maxipark, escolhida por meio de licitação.

  • Motoristas que ficarem no local por até duas horas pagam uma taxa mínima de 5 reais. A partir da terceira hora, o valor dobra e pode se estender até doze horas – ou todo o horário de funcionamento do parque, que abre às 5h30 e fecha às 20h durante o horário de verão. Ônibus e motociletas têm preços diferenciados, proporcionais ao tamanho do veículo.

    A cobrança vale tanto para o Villa Lobos quanto para o Parque Cândido Portinari, inaugurado há cinco anos e separado do primeiro apenas por uma rua de circulação interna.

    Em nota, a Secretaria do Meio Ambiente informou que os preços são similares aos da Zona Azul e que a cobrança trará receita nova ao Parque, que passa a ser monitorado 24 horas. “Além de garantir maior segurança e comodidade, o novo sistema terá vagas demarcadas para deficientes e idosos, vagas para ônibus e agilidade nos acessos nos finais de semana”, esclareceu a pasta.

    Estacionamento Parque Villa Lobos (Foto: Renata Afonso)
    Veja SP

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade