Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Parque do Povo: uma das áreas verdes mais badaladas da capital

Criado em 2008 com um investimento de 6 milhões de reais, área chega a receber 10.000 pessoas em um dia

Por Davi Franzon Atualizado em 5 dez 2016, 17h53 - Publicado em 30 jul 2011, 00h50

PERFIL

Inauguração: 28 de setembro de 2008

Endereço: Avenida Henrique Chamma, 590

Horário de funcionamento: 7h às 22h, de segunda a domingo

Quantidade de árvores: 1.700

Quantidade de mudas de diferentes espécies: 231

MÉDIA DE PÚBLICO

De segunda a sexta-feira: 1.000 pessoas

Sábados: 2.000 pessoas

Domingos e feriados: de 7.000 a 10.000 pessoas

CURIOSIDADES

Piso

Foi feito com o reaproveitamento do entulho de construção civil das edificações irregulares que existiam anteriormente no local.

Drenagem

O sistema leva a água acumulada durante as chuvas diretamente para o lençol freático.

Monitoria de educação ambiental

Disponível para grupos de, no mínimo, dez pessoas, a atividade oferece programas educativos sobre preservação do meio ambiente e sustentabilidade, além da importância da existência e conservação de parques nas grandes cidades. Estão abertas as inscrições para o curso de plantio e de compostagem.

+ Paulistano e Harmonia: clubes restritos nos Jardins

+ Moradores se mobilizam contra a venda de terreno no Itaim

Continua após a publicidade

LEGENDA DO MAPA

1.
Prédios de apoio da administração

2.
Trilha autoexplicativa

Tem esse nome porque possui placas com informações sobre as árvores, várias delas frutíferas nativas e exóticas. Nessa área é possível conhecer uma coleção de plantas aromáticas e medicinais. A trilha das trepadeiras forma um playground verde para crianças.

3.
Pista de caminhada e corrida

Atualmente tem 700 metros, mas está sendo ampliada e chegará a um total de 1.600 metros. A superfície lisa permite o uso de patins e skate. É cercada por árvores.

4.
Dança circular

O nome foi adotado porque a maioria dos movimentos é feita em formato de círculo. Durante as aulas são apresentadas danças folclóricas de países que têm imigrantes no Brasil. É realizada no terceiro domingo de cada mês, das 10h às 12h.

+ Xaveco Virtual: nossa ferramenta para paquerar no Twitter

5.
Ciclovia

Com 1.600 metros, o percurso passa por área arborizada e pelos principais equipamentos.

6.
Jardim sensitivo

Abriga espécies como café, camomila, mostarda, lírio-do-brejo-amarelo, alamanda-amarela, manjericão, citronela, babosa, pimentado- reino, pimenta-verde, alfazema, salsinha, erva-doce, boldo, orégano, salsa, capim-limão, cúrcuma, melissa e hortelã. No meio do jardim, também foram plantadas quatro árvores: oliveira, de cravo-da-índia, louro e canela-da-índia. O visitante pode tocar e cheirar as folhas para conhecê-las.

7.
Frisbee e bumerangue

A Federação Paulista de Frisbee realiza oficinas para iniciantes no último domingo de cada mês, entre 9h e 17h. Depois de aprender os princípios do esporte, os alunos participam de disputas com outros jogadores. Já a Federação Brasileira de Bumerangue oferece curso para novatos e treinamento para quem pratica o esporte há algum tempo. Não é preciso ter o equipamento. No ano passado, foram distribuídos 10.000 bumerangues.

8.
Prédio da administração

A construção prioriza a luz do dia e a ventilação natural, reduzindo o consumo de energia, principalmente em relação ao uso de aparelhos de ar-condicionado.

9.
Quadras poliesportivas

Todas as três têm marcação especial para esportes paraolímpicos. Ao lado, três núcleos com equipamentos para atividade física, exercícios de alongamento e fortalecimento biomecânico. Um deles foi totalmente adaptado para portadores de necessidades especiais. Também há aparelhos voltados para melhora das condições físicas de pessoas da terceira idade. A área de exercícios dispõe de um simulador de caminhada e de esqui, além de espaços para aulas de ioga e pilates.

Continua após a publicidade

Publicidade