2017: trinta novidades que inauguram (ou estreiam) este ano

A capital terá espetáculos internacionais, inauguração de três espaços para exposições na Avenida Paulista e boas novidades gastronômicas

SHOWS 

Dois shows, uma noite 

Em 6 de abril, o Allianz Parque recebe Elton John e James Taylor. Com a turnê Before This World, Taylor abre a noite para Sir John mostrar seu recente trabalho, Wonderful Crazy Night, e clássicos como Rocket Man. Os ingressos custam de 450 a 700 reais. http://www.ticketsforfun.com.br.

Balada eletrônica 

Em 2017, sai de cena o Tomorrowland e entra o Electric Zoo. O festival, realizado anualmente em um parque de Nova York, terá a sua primeira edição brasileira. Ainda sem local definido, a festa promete trazer grandes nomes do eletrônico em 21 de abril.

Fenômeno teen

Justin Bieber: ingressos quase esgotados (Foto: Divulgação) Justin Bieber: ingressos quase esgotados (Foto: Divulgação)

Justin Bieber: ingressos quase esgotados (Foto: Divulgação) (Divulgação/Veja SP)

Encrenqueiro e adorado pelos adolescentes, Justin Bieber confirmou sua passagem por aqui. De início, seria apenas um show, em 1º de abril, no Allianz Parque, mas a procura desesperada motivou a abertura de outra data, no dia seguinte. Bieber traz a Purpose World Tour, com a qual se tornou um dos cinco artistas mais ouvidos no mundo em 2016. Os últimos ingressos (de 380 e 420 reais) devem acabar a qualquer momento. www. ticketsforfun.com.br.

Retorno ao rock 

Ex-líder do The Police, Sting apresentou no fim do ano passado o 57th & 9th, o 12º álbum de sua carreira-solo e um resgate de seu lado roqueiro. Com esse trabalho, ele sobe ao palco do Allianz Parque em 6 de maio. Os ingressos vão de 300 a 850 reais. http://www.ingressorapido.com.br.

É dia de metal 

Depois da bem-sucedida primeira edição, em 2016, o metaleiro Maximus Festival traz neste ano Slayer, Linkin Park, Rise Against, Ghost e Prophets of Rage, entre outros nomes do gênero. O evento está marcado para 13 de maio, no Autódromo de Interlagos.

Korn na Barra Funda

Os fãs de metal podem esperar um grande ano, com Korn em 19 de abril no Espaço das Américas. A banda vem com o elogiado The Serenity of Suffering, relembra sucessos como Freak on a Leash e mostra composições dos álbuns Issues e Untouchables. http://www.ingressorapido.com.br.

46 shows em dois dias  

The Strokes: a banda fecha o Lollapalooza (Foto: Divulgação) The Strokes: a banda fecha o Lollapalooza (Foto: Divulgação)

The Strokes: a banda fecha o Lollapalooza (Foto: Divulgação) (/)

Na sexta edição, o festival Lollapalooza está marcado para 25 e 26 de março no Autódromo de Interlagos. O rock é o gênero das duas principais atrações, Metallica e The Strokes, e também de Rancid e Duran Duran, o que deve atrair uma turma veterana ao espaço. A música eletrônica e o R&B, no entanto, continuam em alta no line-up. The Chainsmokers e Flume fazem apresentações, além do canadense The Weeknd, do hit Can’t Feel My Face. Cage The Elephant, The XX e os brasileiros Céu e Criolo estão entre os 46 shows do fim de semana. Os ingressos para os dois dias podem chegar a 1 040 reais. http://www.ticketsforfun.com.br.

Clássicos românticos 

Apesar de viajar com novo disco nas costas, o Get Up, são as faixas mais antigas que chamam atenção no set-list de Bryan Adams. All For Love e Somebody são algumas que devem entrar no roteiro dos dias 28, 29 e 30 de abril, no Citibank Hall. http://www.ticketsforfun.com.br.

TEATRO 

Comédia com Fagundes 

Antonio Fagundes estreia comédia em março (Foto: Bob Wolfenson) Antonio Fagundes estreia comédia em março (Foto: Bob Wolfenson)

Antonio Fagundes estreia comédia em março (Foto: Bob Wolfenson) (Bob Wolfenson/Veja SP)

Depois de Vermelho e Tribos, o ator Antonio Fagundes promete divertir a plateia com a comédia Baixa Terapia, que chega ao palco do Tuca em 17 de março. O texto do argentino Matías Del Federico ganha direção de Marco Antônio Pâmio e mostra o inusitado encontro de diversos personagens em um consultório de psicologia. Mara Carvalho, Alexandra Martins, Ilana Kaplan, Bruno Fagundes e Fabio Espósito completam o elenco.

Uma nova megera

Clássico cômico de William Shakespeare, A Megera Domada volta ao palco em 7 de abril, desta vez no Teatro Porto Seguro. Os atores Juliano Cazarré e Bruna Linzmeyer vão interpretar o casal Petrucchio e Catarina, que vivem às turras e não admitem assumir o amor que sentem um pelo outro.

Quarteto cômico 

Claudia Abreu, Leandra Leal, Rodrigo Pandolfo e Luiz Henrique Nogueira vão dividir o palco na comédia Insana. O texto de Jô Bilac e Julia Spadaccini tem estreia prevista para setembro, no Teatro Porto Seguro.

A Bela e a Fera de Nelson 

Rosamaria e Letícia: juntas no Teatro Cetip a partir de maio (Foto: Carol Beiriz) Rosamaria e Letícia: juntas no Teatro Cetip a partir de maio (Foto: Carol Beiriz)

Rosamaria e Letícia: juntas no Teatro Cetip a partir de maio (Foto: Carol Beiriz) (Carol Beiriz/Divulgação/Veja SP)

Sucesso de crítica no Rio de Janeiro, a farsa trágica Dorotéia, escrita por Nelson Rodrigues, ganhou elogiada montagem dirigida por Jorge Farjalla, que entra em cartaz no Teatro Cetip em 3 de maio. Em uma alusão ao clássico A Bela e a Fera, Letícia Spiller e Rosamaria Murtinho representam o pecado e a virtude em uma família. Frustrada e infeliz, a horrorosa Flávia (vivida por Rosamaria) faz de tudo para destruir o encanto da prima Dorotéia (papel de Letícia), uma ex-prostituta que se mostra arrependida de seu passado.

Juventude transviada 

Wanderléa: estreia nos palcos (Foto: Fred Fogel) Wanderléa: estreia nos palcos (Foto: Fred Fogel)

Wanderléa: estreia nos palcos (Foto: Fred Fogel) (/)

Em sua primeira experiência no teatro, a cantora Wanderléa é a estrela do espetáculo 60! Década de Arromba — Doc. Musical, que deve ocupar o Theatro Net em março. A superprodução, roteirizada por Marcos Nauer e dirigida por Frederico Reder, conta com vinte cenários, 10 toneladas de material cênico e 300 figurinos. Os melhores momentos da Jovem Guarda e a popularização dos programas musicais de televisão são levados ao palco por um elenco de 24 atores e uma orquestra de dez músicos, que executam os sucessos da época.

Nanini como Ubu Rei 

Marco Nanini volta aos palcos paulistanos no segundo semestre com a comédia Ubu Rei, parceria com a Cia. Atores de Laura. O texto do francês Alfred Jarry é centrado em um homem que se revela um tirano logo que se torna poderoso. Rosi Campos também está no elenco, dirigido por Daniel Herz.

Revival de um sucesso 

Marco inaugural das superproduções musicais paulistanas, Les Misérables deve ganhar uma nova versão no Teatro Renault, em março. A peça, baseada no romance do francês Victor Hugo, inaugurou o então Teatro Abril, em 2001, e ficou em cartaz por um ano. A expectativa é reeditar esse sucesso. O elenco é mantido a sete chaves.

Da TV para o palco 

Mel Lisboa e Flavio Tolezani: Roque Santeiro no teatro (Foto: Priscila Prade) Mel Lisboa e Flavio Tolezani: Roque Santeiro no teatro (Foto: Priscila Prade)

Mel Lisboa e Flavio Tolezani: Roque Santeiro no teatro (Foto: Priscila Prade) (/)

Mel Lisboa e Flavio Tolezani interpretam Mocinha e o personagem-título de Roque Santeiro, que estreia no dia 27 no Teatro Faap. Sucesso na TV, o texto de Dias Gomes virou um musical dirigido por Débora Dubois, com canções de Zeca Baleiro. Jarbas Homem de Mello revive Sinhozinho Malta e Lívia Camargo faz a Viúva Porcina. A previsão é que os ingressos comecem a ser vendidos a partir desta quarta, 11, na bilheteria da Faap (80 reais).

Casal estrelado 

Caco Ciocler e Marília Gabriela protagonizam a comédia dramática Constelações, do inglês Nick Payne, que estreia em 10 de fevereiro no Teatro do Sesc Santana. Dirigida por Ulysses Cruz, a montagem acompanha o relacionamento de um casal através do tempo. Jogo de sedução, casamento, doença e morte estão entre as situações vividas pelos personagens.

EXPOSIÇÕES

Paulista turbinada

O artesão japonês Yasuo Kobayashi: trabalho no novíssimo Japan House (Foto: Divulgação) O artesão japonês Yasuo Kobayashi: trabalho no novíssimo Japan House (Foto: Divulgação)

O artesão japonês Yasuo Kobayashi: trabalho no novíssimo Japan House (Foto: Divulgação) (/)

Projeto audacioso do governo japonês, o centro cultural Japan House está com estreia prevista para maio no número 52 da Avenida Paulista. Orçado em 30 milhões de dólares, ele vem sendo erguido pelas mãos de artesãos japoneses como Yasuo Kobayashi e terá ambientes expositivos, espaços para cursos, restaurante, biblioteca e loja de artesanato.

Outro presente para ampliar a oferta cultural da via é o prédio de sete andares do novo Instituto Moreira Salles. Quase na esquina com a Rua da Consolação, o número 2424 vai abrigar salas de exposição, livraria, biblioteca, café e restaurante, esse último comandado pelo chef Rodrigo Oliveira, do Mocotó. O cineasta Kleber Mendonça Filho será o coordenador de cinema do espaço, que promete iniciar as atividades em julho.

Construção do novo predio do Instituto Moreira Salles (Foto: Bruno Fernandes) Construção do novo predio do Instituto Moreira Salles (Foto: Bruno Fernandes)

Construção do novo predio do Instituto Moreira Salles (Foto: Bruno Fernandes) (/)

Fechado para reforma desde 2010, o Sesc Paulista deve reabrir as portas no segundo semestre de 2017. Ao custo de 100 milhões de reais, a obra inclui salas de espetáculo, áreas de exposição e restaurante.

Projeções poéticas 

Está prevista para ocorrer em abril, no Instituto Tomie Ohtake, uma mostra centrada na produção artística de Yoko Ono. As icônicas “instruções”, obras em forma de texto feitas desde os anos 50 pela viúva de John Lennon, serão transpostas para suportes que demandam a interação do público.

Mudanças na Pina 

Com novo diretor à frente da Pinacoteca — o alemão Jochen Volz, que assume o posto em maio —, o museu promove uma grande exposição do pintor Di Cavalcanti. A mostra de arte moderna está programada para acontecer em setembro.

Vanguarda modernista 

O MAM começa o ano com o pé direito ao abrir, em fevereiro, a retrospectiva de um dos mais importantes nomes da arte brasileira do século XX: Anita Malfatti. São cerca de setenta pinturas e desenhos, entre retratos, nus e paisagens.

Boemia parisiense 

A vida boêmia da capital francesa no fim do século XIX foi retratada por Henri Toulouse-Lautrec em pinturas pós-impressionistas deslumbrantes. Agendada para o mês de junho, a potente mostra com obras do artista é a maior aposta do Masp para 2017.

A voz de uma geração 

A grande homenagem do MIS neste ano será feita a Renato Russo. A partir de julho serão apresentados os objetos guardados no apartamento em que o líder da Legião Urbana viveu no Rio de Janeiro, entre eles cinquenta diários pessoais.

GASTRONOMIA 

Bar subterrâneo

No subsolo do Teatro Municipal, o empresário Facundo Guerra põe para funcionar no segundo semestre o bar Arcos. O espaço deve abrigar exibições de jazz e variações da música clássica. Para a carta de drinques, que será elaborada por Kennedy Nascimento, estão prometidos coquetéis clássicos mas esquecidos. Para petiscar, tábuas de queijos e embutidos e croquetes de jamón.

Menu sem fronteiras 

Lula com aïoli de coentro e azeite de tangerina: no Loup (Foto: Clayton Vieira) Lula com aïoli de coentro e azeite de tangerina: no Loup (Foto: Clayton Vieira)

Lula com aïoli de coentro e azeite de tangerina: no Loup (Foto: Clayton Vieira) (/)

Daniel Sahagoff e seus sócios do Cantaloup inauguram o Loup, de pegada mais jovem, na Rua Doutor Mário Ferraz, 528. A data anunciada é o dia 17 deste mês. Com entrada de luz natural, o espaço terá balcão só de receitas frias. Da cozinha, saem as opções quentes, reunidas em um menu de múltiplas influências, algumas com toques asiáticos, e em pequenas porções para partilhar.

Food truck sem rodas

Um dos melhores food trucks da cidade, o Buzina passará a ter também um ponto fixo. Previsto para abril, o pequeno espaço para até vinte pessoas na Rua Cunha Gago, próximo ao Bar Secreto, receberá o público com um cardápio curtinho, pouco maior que o da caminhonete: oito hambúrgueres, três sanduíches, uma salada e um prato. “E vai ter ar condicionado”, comemora o sócio Márcio Silva.

Peixe em tudo

Dedicado aos pescados, o Le Fish será um pequeno mix de empório e restaurante de apenas 22 lugares. A estreia está prometida para este mês na Rua Doutor Melo Alves, 301, no Jardim Paulista. O menu é todo do mar, com receitas como sashimi, carpaccio de peixe e hambúrguer de salmão. Os donos são os irmãos Renato e Bruno Bonfiglioli Muoio, da rede Bon Grillê.

A farra está de volta 

Claudio Nunes e Rafael Limonta, do Grupo Bar: retomada do Fridays (Foto: Leo Martins) Claudio Nunes e Rafael Limonta,
do Grupo Bar: retomada do Fridays (Foto: Leo Martins)

Claudio Nunes e Rafael Limonta,<br / (/)

A rede americana de casual dining TGI Fridays deve desembarcar no Jardim Europa nesta primeira quinzena do ano. A unidade ocupará o imóvel do finado Pandoro, no número 56 da Avenida Cidade Jardim. Assim, poderão ser saboreados hambúrgueres, costelinhas e drinques da marca, que funcionou no país de 1995 a 2010 e chegou a ter oito unidades. Esse retorno é obra do Grupo Bar, responsável por bares como Gràcia e Brexó.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s