Clique e assine por apenas 6,90/mês

Caixa Econômica Federal mantém museu na Praça da Sé

O espaço de memória reúne cerca de 1 000 itens, que relembram, por exemplo, a história das loterias

Por Guilherme Queiroz - Atualizado em 14 Feb 2020, 16h01 - Publicado em 6 Jul 2018, 06h00

Fundada em 1861 no Rio de Janeiro por Dom Pedro II, a Caixa Econômica Federal é um dos primeiros bancos brasileiros. Seu objetivo era fornecer empréstimos com taxas mais baixas para as classes populares e incentivar a criação de poupanças. A instituição tem, desde 1989, um museu de entrada gratuita instalado no 6º andar do seu edifício na Praça da Sé.

Nesse prédio, tombado, erguido em 1939 e inaugurado pelo então presidente Getúlio Vargas, funcionou até 1970 a sede paulista do banco estatal. Hoje, ele abriga um centro cultural e uma agência. Com guia disponível, o espaço de memória reúne cerca de 1 000 itens, que relembram, por exemplo, a história das loterias. A coleção conta com uma caderneta de poupança de 1875, da ex-escrava Benedita Manuela de Jesus. Antes da abolição, muitos serviçais juntavam dinheiro para comprar sua carta de alforria.

Publicidade