Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Será cobrada multa do sindicato dos motoristas, diz secretário

Ele também disse que 100% dos agentes da CET estão trabalhando e negou adesão dos funcionários do órgão à greve

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 28 abr 2017, 10h40 - Publicado em 28 abr 2017, 08h53

O secretário municipal dos Transportes de São Paulo Sérgio Avelleda disse, em entrevista à rádio CBN, que o Sindicato dos Motoristas de Ônibus descumpriu decisão liminar judicial e que a Procuradoria Geral do Município já foi acionada para providenciar na Justiça a cobrança de multa aos manifestantes. “Iremos pedir que os sindicatos sejam punidos pelo descumprimento da decisão judicial”, afirmou.

Segundo Avelleda, as principais interrupções na cidade, por volta das 7h, eram a Avenida Ipiranga e o acesso ao terminal rodoviário do Tietê.

Avelleda disse ainda que 100% dos agentes da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) estão trabalhando e negou adesão dos funcionários do órgão à greve.

Continua após a publicidade

Publicidade