Continua após publicidade

Mulher acusa Jão de ter estragado seu carro durante live

Proprietária de Opala 1972 diz que alugou carro para ser cenário de show do artista, mas ele subiu em cima do veículo e amassou o capô

Por Hyndara Freitas
Atualizado em 15 set 2022, 13h41 - Publicado em 15 set 2022, 13h14

Uma mulher dona de um Chevrolet Opala Coupé de 1972 acusa o cantor Jão de ter amassado o veículo, que foi alugado para a produção do artista fazer um show que foi transmitido ao vivo no TikTok, em outubro de 2021.

Giovanna Bernatat, de 25 anos, afirmou que o carro é de seu pai, que o tem há dez anos, e foi a primeira vez que alugou o veículo. Ela disse à reportagem que um casal de colegas a contatou para o aluguel por duas diárias, e ela aceitou, sob o combinado de que o Opala serviria apenas como cenário. Ela ganhou 2 000 reais pelo acerto e diz que vai gastar 60 000 para fazer os consertos.

Entretanto, durante a gravação da live, o carro foi levantado a dois metros de altura e Jão subiu em cima do veículo, o que não havia sido autorizado. “Antes do Jão subir no carro, a produção notificou o artista pelo microfone do que ele iria fazer. Nesse momento, eu fui tirar satisfação com os produtores, não autorizando isso. Eles avisaram o Jão pra não fazer e ele falou: ‘Por que não?’, com cara de deboche”, relatou.

Mulher diz que Jão amassou seu carro que havia sido alugado para ser cenário de um clipe.
Mulher diz que Jão amassou seu carro que havia sido alugado para ser cenário de um clipe. (Imagem cedida à reportagem/Reprodução)

Segundo Giovanna, quando a filmagem começou, foi feito o que não havia sido permitido por ela. “Logo depois dessa falta de respeito, ameacei tirar o carro de lá e até chamar a polícia. Eles disseram que precisavam finalizar os vídeos e que não iam fazer novamente. Mas eles começaram a gravar de novo e repetiram tudo outra vez, na minha frente e do meu namorado. Fiquei extremamente nervosa e chateada com a falta de respeito da produção e artista”, falou. E quando o carro foi retirado, estava com danos. “O teto estava todo amassado, quase desmaiei quando vi”, relata a proprietária.

Continua após a publicidade

“Vai fazer um ano que não andamos com o carro e aguardamos eles pagarem. Quando aconteceu tudo isso, eles disseram que pagariam e o artista nem pra pedir desculpas sobre tudo isso, não tiveram um pingo de respeito e responsabilidade. Está todo mundo triste até hoje porque queríamos andar com o carro e não podemos”, acrescenta.

Ela afirma que entrou na Justiça contra o artista, mas o processo não teve decisão até agora. A assessoria de imprensa de Jão foi procurada pela reportagem, mas não obteve resposta até o momento.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.