Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Mortos em incêndio de Barueri eram mãe e três filhos

Família morava nos fundos de galpão e pai das crianças trabalhava como caseiro

Por Redação VEJA São Paulo 27 ago 2021, 11h26

O grande incêndio que atingiu um galpão industrial na cidade de Barueri, na Grande São Paulo, vitimou quatro pessoas na quinta-feira (26): uma mulher, um bebê de 11 meses e duas crianças, de quatro e dois anos de idade. Todos eram da mesma família e moram nos fundos de uma das empresas que foram atingidas pelo fogo.

O pai das crianças ficou ferido e outro filho do casal conseguiu escapar porque estava na escola. As informações sobre as vítimas são da Record TV. Os quatro corpos carbonizados foram encontrados dentro de um dos galpões. A família morava no endereço há cerca de dois meses: o pai era caseiro do local. Os corpos estão no Instituto Médico Legal e serão sepultados ainda nesta quinta.

Imagem mostra três crianças juntas em quarto. Dois meninos e uma menina
Crianças morreram em incêndio em Barueri Reprodução/Divulgação

Oito pessoas foram socorridas com vida e duas mulheres estão internadas em estado grave, com queimaduras em 80% do corpo.

Ao todo, nove edificações da região foram atingidas pelo fogo, incluindo duas residências. As causas do incêndio ainda não foram identificadas.

RELEMBRE O INCÊNDIO

O fogo começou em uma empresa que atua com reciclagem de material plástico, por volta das 11h. As chamas se espalharam para outras empresas ao redor e recipientes que armazenavam cerca de 60 000 litros de álcool foram atingidos, dando ainda mais combustão para o incêndio. Carros que estavam estacionados nas ruas do entorno também pegaram fogo.

Os Bombeiros chegaram a levar quase 100 homens para a operação. O fogo foi controlado por volta das 14h de quinta.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade