Continua após publicidade

Mortes no trânsito de São Paulo caem 30% em outubro, diz CET

A comparação levou em conta os registros de outubro do ano passado em relação ao mesmo mês de 2014

Por Estadão Conteúdo
Atualizado em 5 dez 2016, 11h45 - Publicado em 4 jan 2016, 15h37

O número de mortes no trânsito em São Paulo caiu 30% em outubro do ano passado na comparação com o mesmo mês de 2014, segundo levantamento divulgado nesta segunda-feira (4), pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). O balanço aponta que, em outubro de 2015, foram registradas 101 vítimas fatais ante setenta do mesmo período de 2014.

+ Pavilhão Japonês do Parque Ibirapuera será reaberto

A Prefeitura de São Paulo atribuiu a queda à política de redução da velocidade máxima que começou a ser implementada em julho do ano passado. A redução no limite de velocidade nas Marginais do Pinheiros e Tietê gerou críticas. A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP) chegou a entrar com uma ação para tentar barrar a medida.

De acordo com o estudo, a maior redução foi de acidentes fatais com pedestres. Em outubro do ano passado, foram registradas 26 mortes contra 44 em 2014. Na comparação com o mesmo período, acidentes com motociclistas também caíram: de quarenta mortes para 28.

Continua após a publicidade

No caso dos pedestres, o estudo indica que os índices de julho, agosto, setembro e outubro houve uma tendência de queda de acidentes fatais: foram 39, 35, 28 e 26, respectivamente.

O levantamento revela que, entre janeiro e outubro de 2015, houve diminuição de 21,2% no número de mortes na comparação com o mesmo período de 2014. A queda foi de 1 052 para 829 vítimas fatais, uma redução de 223 mortes.

No período entre janeiro e outubro, caiu o número de mortes de pedestres (22,8%), de motociclistas (18,8%), de motoristas e passageiros (18,3%) e de ciclistas (36,6%).

Continua após a publicidade

A prefeitura não incluiu os dados de novembro porque devem ser obtidos até a metade de janeiro. Isso porque a metodologia da pesquisa da CET segue parâmetros da Organização Mundial da Saúde (OMS), com acompanhamento dos casos por até 45 dias, por considerar que as mortes podem ocorrer após a data do acidente.

Marginais

Dois meses após a mudança nos limites de velocidade nas Marginais, dados da CET de setembro mostraram queda de 36% nos acidentes com vítimas – mortas e feridas – nas duas vias expressas. Houve redução nos índices de congestionamento tanto nas Marginais (8%) quanto na cidade com um todo – 6%. A comparação da CET é entre 20 de julho e 13 de setembro, com o período equivalente de 2014.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.