Clique e assine por apenas 6,90/mês

Morre o homem mais velho do mundo

Japonês tinha 113 anos e padeceu de causas naturais

Por Redação VEJA São Paulo - 20 Jan 2019, 18h13

Considerado o homem mais velho do mundo, Masazo Nonaka morreu neste domingo (20), aos 113 anos, de causas naturais, enquanto dormia em sua casa na ilha de Hokkaido, no Japão.

Nascido em 25 de julho de 1905, Nonaka comandava uma pousada de águas termais, aberta por sua família há 106 anos. Ele se locomovia pelo local em uma cadeira de rodas e costumava banhar-se nas fontes.

Seus sete irmãos, sua mulher e três de seus cinco filhos morreram antes dele.

A pessoa mais velha do mundo também é japonesa: Kane Tanaka, uma mulher de 116 anos de Fukuoka, ao sul da ilha principal de Kyushu. O Japão tem 69 785 habitantes com mais de 100 anos, 90% delas mulheres.

Publicidade