Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Menina esfaqueada em colégio está internada, mas passa bem, diz professora

Ela já saiu da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e foi para quarto; suspeito da agressão tem 13 anos e foi encaminhado para a Fundação Casa

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 24 mar 2022, 10h26 - Publicado em 24 mar 2022, 10h24

A menina de 12 anos que foi atacada com uma faca por um colega de classe em um colégio na Zona Leste de São Paulo permanece internada no Hospital Nove de Julho, mas passa bem, de acordo com o Colégio Floresta.

“Ela está fora de perigo, já saiu da UTI e foi para o quarto”, disse uma professora à VEJA São Paulo nesta quinta-feira (24). Ainda não há previsão de alta.

+ Filha do cantor Belchior é condenada a 9 anos de prisão por homicídio

O caso aconteceu na última terça-feira (22). Segundo a Secretaria de Segurança Pública, a garota levou ao menos dez facadas e o pulmão chegou a ser atingido. Inicialmente, foi levada a Hospital Dr. Alípio Correa com outro colega, de 11 anos, que tentou defendê-la das agressões e também ficou ferido.

Após o ataque, a menina foi carregada nos braços por um funcionário da escola, que a levou até o carro da diretora. O suspeito, um adolescente de 13 anos, se escondeu em um banheiro da quadra da escola durante cerca de 20 minutos até a chegada da polícia.

De acordo com reportagem da TV Globo, ele foi encaminhado para a Fundação Casa e foi ouvido na quarta-feira (23) por promotores do Ministério Público de São Paulo. À Polícia, ele alegou ser vítima de bullying, mas a diretora diz que não tem conhecimento de atritos com os colegas.

+ Cracolândia esvazia e usuários de drogas lotam praça Princesa Isabel

O caso foi registrado como ato infracional de lesão corporal e tentativa de homicídio no 24º Distrito Policial da Ponte Rasa. A Secretaria da Educação do Estado afirmou que acompanha o caso.

“Agradecemos, desde já, as várias manifestações de apoio e solidariedade não só junto à nossa Instituição, mas, principalmente, perante todos os envolvidos, em busca da verdade dos fatos”, disse o comunicado do colégio, que suspendeu as aulas durante o restante da semana.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês