Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Shows

Por Pedro Ivo Dubra Atualizado em 5 dez 2016, 18h21 - Publicado em 22 dez 2010, 22h09

MELHOR

Paul McCartney

Não era difícil encontrar gente na saída do Estádio do Morumbi falando que aquele havia sido o show da sua vida. Foram dois dias históricos em novembro. Ao lado de uma banda competente, Paul McCartney nem parecia ser um senhor de 68 anos. Os telões de alta resolução e o som de qualidade colaboraram para o espetáculo. Cada presente elegerá o seu momento preferido entre as muitas belezas disponíveis: “Something”, “Let It Be”, “Live and Let Die” e por aí vai… Nem precisava, mas o ex-beatle ainda fez graça em português.

 

PIOR

Bon Jovi

Duas décadas mais novo do que Paul McCartney, Jon Bon Jovi, de 48 anos, também deu as caras no Morumbi, no mês de outubro. Mas as diferenças entre Paul e o vocalista da banda Bon Jovi, de volta ao país depois de quinze anos, são intransponíveis. No piloto automático e fazendo muitas caras e bocas, o cantor de Nova Jersey ainda teve a desvantagem de um som baixo em boa parte do espetáculo de três horas de duração. Uma pena, pois estava ali uma plateia cheia de generosidade para com hits como “I’ll Be There For You”, “Always” e “You Give Love a Bad Name”.

Continua após a publicidade
Publicidade