Clique e assine por apenas 6,90/mês

Livro retrata as transformações nas vias da capital

Obra é baseada em documentos produzidos por viajantes, estudantes, jornalistas e fotógrafos

Por Maurício Xavier [com reportagem de Flora Monteiro e Nathalia Zaccaro] - Atualizado em 5 dez 2016, 17h30 - Publicado em 29 dez 2011, 23h50

No início do século passado, o cavalo de uma carroça da companhia de limpeza pública desmaia em rua do centro, atraindo a atenção de um policial e curiosos, típicos nos “acidentes de trânsito”. A imagem compõe o recém- lançado “Ô da Rua: o Transeunte e o Advento da Modernidade em São Paulo” (Edusp, 632 páginas, 108 reais), da antropóloga Fraya Frehse, professora da USP. Por meio de diários, cartas, crônicas, notícias e fotos produzidos por viajantes, estudantes, jornalistas e fotógrafos, a autora retrata as transformações no comportamento social nas vias da capital entre 1808 e 1917.

+ Trânsito: o maior problema de São Paulo

+ Escritor lança livro de poemas sobre o cotidiano de São Paulo

+ O bafômetro sozinho não resolve

 

Continua após a publicidade
Publicidade