Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Ladrão furta escola pública e deixa bilhete com pedido de desculpas

"Me desculpe mesmo, de coração, por fazer isso, não tive escolha", diz trecho; computador, aparelhos de televisão e até panela de pressão foram levados

Por Redação VEJA São Paulo 5 jan 2021, 16h39

Funcionários da Escola Estadual José Barbosa de Almeida, no Morro Grande, zona Norte de São Paulo, perceberam na manhã desta segunda-feira (4) que o local havia sido invadido e furtado. Eles encontraram um bilhete com pedido de desculpas pelo crime.

Com erros gramaticais, o assaltante escreveu: “Me desculpe mesmo, de coração, por fazer isso, não tive escolha, [foi] precisão [necessidade]”. Mais abaixo o bilhete é assinado por “desesperado” e a mensagem segue com pedido de misericórdia e perdão ao “senhor Jesus” pelo furto. O papel foi encontrado ao lado de uma Bíblia.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90 

De acordo com a Secretaria Estadual da Educação, uma porta foi arrombada e todas as câmeras de monitoramento foram quebradas. Foram levados três televisores, um computador e uma panela de pressão.

O boletim de ocorrência de furto e vandalismo foi registrado da 45° DP em Brasilândia e a Secretaria de Segurança Pública afirma que a Polícia Civil está na busca por imagens para identificar o responsável.

Continua após a publicidade

Publicidade