Clique e assine por apenas 6,90/mês

Goleiro Jean, do São Paulo, é preso nos EUA acusado de violência doméstica

Sua esposa, Milene Bemfica, relatou que foi agredida pelo esportista

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 18 dez 2019, 11h26 - Publicado em 18 dez 2019, 11h16

Jean Paulo Fernades Filho, de 24 anos, foi preso na manhã desta quarta (18) nos Estados Unidos. O atleta — que é goleiro do São Paulo Futebol Clube — responde por violência doméstica contra sua esposa, Milena Bemfica.

A ficha de Jean está disponível no departamento de polícia do Condado de Orange, na Califórnia. Durante a madrugada, Milena apareceu em suas redes sociais com uma série de hematomas na face.

Na gravação, ela aparenta grande nervosismo e afirma que foi agredida por Jean. Eu tô aqui, em Orlando, e olha o que Jean acabou de fazer comigo. Alguém me ajude. Jean acabou de me bater. Gente, socorro”, afirmou.

Nesta manhã, Milena voltou ao Instagram para dizer que estava bem e com suas filhas.

O São Paulo Futebol Clube informou que acompanha o caso e aguarda apuração dos fatos para definir as medidas cabíveis.

Continua após a publicidade
Publicidade