Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

“Monstros incompetentes”, diz namorada de Rafael Miguel, após erro sobre prisão do pai

Paulo Cupertino está foragido da Justiça acusado de matar Rafael. Nesta quarta a Polícia chegou a divulgar que ele foi preso

Por Redação VEJA São Paulo 28 out 2020, 18h35

Isabela Tibcherani se revoltou nas redes sociais com as notícias envolvendo seu pai nesta quarta-feira (28). Paulo Cupertino Matias, suspeito de assassinar o ator Rafael Miguel e seus pais é foragido da Justiça. A Polícia Militar do Paraná se confundiu e chegou a afirmar que o homem foi preso, de acordo com Ruy Ferraz Fontes, delegado-geral de Polícia de São Paulo.

Rafael era namorado da jovem. Em post no Instagram, que foi apagado, ela escreveu: “Incompetência, falta de responsabilidade emocional. Eu espero que ninguém de reportagem alguma entre em contato comigo novamente”.

“Vocês não fazem ideia do que causaram, do tanto que chorei. Monstros incompetentes. Para mim chega”, finaliza.

O ator foi assassinado em 9 de junho do ano passado, aos 22 anos. Morreram também João Miguel, 52 e Miriam Selma, 50, pais do rapaz, que foram até a casa de Isabela para conversar sobre o namoro da jovem com Rafael. Os três foram mortos a tiros e o principal suspeito é Paulo, que está foragido.

Na última semana, a polícia descobriu que Paulo fez uma identidade com uma certidão de nascimento falsa. Ele usava o nome de “Manoel Machado da Silva”.

Continua após a publicidade

Depois de publicar o texto, Isabela deletou o post e na sequência, compartilhou outra foto. “Peço desculpas pela explosão mas já é difícil demais ter que lidar com tudo e ainda receber esse turbilhão de informações. Vou tirar um tempo e, quem sabe, volte aqui. Só quero paz. Obrigada por todas as mensagens de apoio”.

  •  

     

     

     

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade