Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Grupo se reúne para plantar árvores em regiões de nascentes

Plantio próximo aos reservatórios acontece pela terceira vez neste sábado (28)

Por Mauricio Xavier com reportagem de Mariana Oliveira Atualizado em 5 dez 2016, 12h45 - Publicado em 28 fev 2015, 00h00

 

Uma das causas da atual crise hídrica envolve o desmatamento nas margens dosreservatórios. A vegetação colabora para a absorção da água da chuva e reduz o risco de assoreamento das nascentes. Para reverterem a situação, o Instituto Kairós e o Movimento Urbano de Agroecologia de São Paulo (Muda-SP) estão promovendo uma ação batizada de Bora Plantar.

+ Depois de dezoito meses de alta, roubos caem no Estado de São Paulo

O primeiro encontro ocorreu em dezembro e reuniu cerca de quarenta voluntários. Eles plantaram 300 mudas de espécies como jacarandá, jequitibá e aroeira em um sítio de Parelheiros. O segundo foi realizado em janeiro e beneficiou um afluente do Rio Embu-Guaçu, na bacia da Represa Guarapiranga.

+ Turismo bate recorde no início do ano

Esse mesmo local receberá um novo mutirão no sábado (28). A expectativa é que o combalido Sistema Cantareira seja o próximo alvo, ainda sem data definida. “A área apresenta hoje um déficit de pelo menos 20 milhões de árvores”, calcula o geógrafo Arpad Spalding, coordenador de projetos do Kairós.

Continua após a publicidade
Publicidade