Continua após publicidade

Governo mostra primeiro trem da Linha 17-Ouro, já atrasada oito anos

Imagens foram transmitidas da China, onde as composições são fabricadas; obra era prometida para 2014

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 26 mar 2022, 14h30 - Publicado em 26 mar 2022, 14h28

O governador João Doria (PSDB) apresentou na sexta-feira (25) o primeiro trem da Linha 17-Ouro do Metrô, o monotrilho suspenso que vai ligar o aeroporto de Congonhas ao Morumbi.

TCU libera monotrilho até o Aeroporto de Guarulhos

As imagens foram exibidas em videoconferência no Palácio dos Bandeirantes, com fotos e vídeos transmitidos da China, onde o maquinário é fabricado. O trem está na fábrica da empresa BYD, na cidade chinesa de Shenzhen, e deve chegar a São Paulo até o fim do ano.

A composição mostrada, chamada de “cabeça de série”, serve de referência técnica para a fabricação de outras 13 que vão atender a futura linha. Cada composição será formada por uma cabeça de série e cinco vagões.

“A China apresentou uma solução que foi desenvolvida especialmente para a Linha 17-Ouro, que será uma das mais modernas e mais eficientes de São Paulo”, afirmou Doria.

Continua após a publicidade

As composições operam com tração elétrica, sustentadas por pneus que andam sobre vigas de concreto de 80 centímetros de largura. O funcionamento pode ser totalmente automático, sem necessidade de operador.

Cada trem terá 72 assentos e capacidade de transportar cerca de 600 pessoas. Contará com passagem livre entre os cinco carros, sistema de ar-condicionado e câmeras de monitoramento com gravação de imagens.

A construção da Linha 17-Ouro era inicialmente prometida para 2014, como uma “obra-Copa” do governo. Após a rescisão de contratos parados e novas contratações, foi retomada pela atual gestão.

A Linha 17-Ouro terá 8,3 km de extensão total – incluindo trechos de manobras e pátio –, com oito estações que vão do Aeroporto de Congonhas à estação Morumbi da CPTM e conexão às linhas 5-Lilás e 9-Esmeralda.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.