Clique e assine por apenas 6,90/mês

Ativistas criam coletivo de canais no YouTube contra a gordofobia

Caio, Alexandra e Bernardo passaram a oferecer dicas a gordinhos e acabaram se transformando em empreendedores do setor

Por Guilherme Queiroz - Atualizado em 14 Feb 2020, 15h58 - Publicado em 14 Sep 2018, 06h00

Desde criança a jornalista Alexandra Gurgel é alvo de preconceito por causa do peso. “Na escola me chamavam de lésbica porque meu corpo era mais parecido com o dos meninos”, conta. Em 2012, aos 23 anos, ela realizou uma lipoaspiração para retirar 9 litros de gordura, mas recuperou os quilos na sequência, o que a levou à depressão e a uma tentativa de suicídio.

Quatro anos depois, no entanto, conheceu o movimento “body positive”, que prega o amor ao corpo, independentemente do formato. Começou a aplicar as ideias no canal Alexandrismos, que hoje tem 350 000 inscritos e 16 milhões de visualizações, e tornou-se uma das primeiras influenciadoras do tema no YouTube.

Em um de seus vídeos mais acessados, uma câmera passeia por seu corpo, vestido de roupa íntima. O sucesso chamou a atenção do publicitário Bernardo Boechat e do consultor de moda Caio Cal, que também militam na área, e o trio uniu forças para lutar contra a gordofobia.

Há um ano, eles fundaram a Casa Volume, coletivo instalado em um apartamento na Rua Dona Maria Paula, na Bela Vista, onde moram juntos e produzem vídeos para seus canais. O Bernardo Fala, com foco em autoestima, reuniu 42 000 seguidores desde 2016. “É como uma terapia, escutamos as pessoas”, explica Boechat. Já o Caio Revela, com 16 000 inscritos desde dezembro, traz dicas de moda para quem está acima do peso. “Entrei nessa para parecer mais magro e hoje ajudo os outros”, diz Cal.

Continua após a publicidade

Eles ainda criaram a grife Toda Grandona, com uma marca de roupas plus size e uma festa — a primeira edição foi realizada em fevereiro, na Rua Augusta. O nome também batiza uma música, composta pelo grupo Rap Plus Size, cujo vídeo tem 415 000 acessos no YouTube. Além disso tudo, os três prestam consultoria a marcas de varejo e outros segmentos interessados em abordar esse nicho de mercado em campanhas publicitárias.

Publicidade